O que é Varejo?

O conceito de Varejo é a venda de produtos ou comercialização de serviços em pequena quantidade é vendida direto ao consumidor final, sem a presença de intermediários.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Geralmente o público alvo do varejo são consumidores pessoas físicas, que realizam compras familiares em baixa escala.

Segundo o economista Kotler, toda atividade de venda de produtos ou serviços direto ao cliente final são definidos como varejo.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

O local onde os produtos ou serviços são comercializados ou utilizados pode ser em lojas, rua ou residência do consumidor.

É considerado varejo também as formas como são vendidos esses produtos ou serviços, como venda pessoal, internet, correio, telefone ou máquina automática.

Há discordância sobre as vendas onde não há o local, isso porque as vendas porta-a-porta ou pelo correio enquadram-se mais apropriadamente no conceito de marketing direto.

Outra definição é trazida por Spohn, onde ele define como uma atividade comercial responsável por providenciar mercadorias e serviços desejados pelos consumidores.

Por fim, ela também se dá pela prática sobre o conceito de que varejo é toda atividade econômica da venda de um bem ou um serviço para o consumidor final, ou seja, uma transação entre um CNPJ e um CPF.

Diferença entre Atacado e Varejo

O varejo e o atacado são dois tipos de comercialização de produtos, porém ambos possuem características diferentes.

A principal diferença entre varejo e atacado é o público-alvo para qual cada tipo de mercado está destinado.

  • Atacado: O atacado ou comércio atacadista é uma modalidade de comercialização de produtos em grande escala, geralmente utilizado por donos de mercados, empresas, organizações, depósitos, pessoa jurídica, entre outros.

Normalmente o objeto de quem compra em varejo, é sempre revender o produto, visto que com a compra em quantidade maior de um mesmo produto é gerado um desconto ao comprador.

  • Varejo: O varejo é voltado para a comercialização em baixa escala, utilizada normalmente por pessoas físicas que desejam realizar compras para o mantimento dos lares em geral, comprando em poucas unidades.

Geralmente o objetivo do varejo é a venda para o consumidor final, no caso aquele que irá consumir o produto, sem a possibilidade de revenda do mesmo.

Devido a isso os preços são mais altos em relação ao atacado, pela baixa quantidade de unidades e com o intuito de consumo, não de revenda.

Quem utiliza mais o varejo são donos de mercados menores, lojas, padarias, consumidor pessoa física, entre outros.

Exemplo de Atacado e Varejo

Um revendedor vai a um determinado mercado varejista e realiza compra de 100 chinelos numa loja de atacado por R $10,00 cada.

Chegando ao seu comércio esse revendedor decide revender os chinelos a R$15,00 cada, com isso seus consumidores que necessitam de poucos pares de chinelos recorrem ao varejo e realizam o pagamento de um valor maior.  

Neste caso, o revendedor irá lucrar cerca de R $5 por cada par de chinelo vendido. Outro exemplo que poderíamos utilizar é o seguinte:

Um determinado mercado varejista comprou 500 borrachas numa loja de atacado por 50 centavos cada. Ronaldo precisa apenas de 2 borrachas, portanto vai ao mercado e paga R $1 por cada.

Como Ronaldo só precisava de 2 borrachas, ele recorre ao comércio varejista, pois no atacado só teria a possibilidade da aquisição de um pacote com 500 borrachas.

Com isso podemos ver a nítida diferença entre o atacado e o varejo, no qual cada um se utiliza da necessidade do cliente.

O atacado é uma boa forma de gerar oportunidades econômicas para quem deseja revender qualquer tipo de produto, fomentando ambos métodos de venda e movimentando o mercado comercial, o atacado depende do varejo diretamente.