O que é Value Investing e como funciona

Value Investing

O que é Value Investing, significado, conceito para que serve e como funciona.

O que é Value Investing?

O Value Investing ou Investimento de Valor é um conceito que faz parte da estratégia de comprar ações de empresas que estão em baixa diante do seu valor intrínseco e esperar que elas se valorizem.

Normalmente, o Value Investing busca encontrar ações abaixo do valor para investir e o valor intrínseco representa o quanto vale a companhia, considerando os seus bens e as perspectivas do mercado.

Com essa estratégia, os investidores que compram as ações esperam que elas se valorizem a longo prazo. O foco dela é na rentabilidade da carteira a longo prazo. 

Banner will be placed here

De modo geral, o Value Investing não possui uma fórmula e nem cálculo, ele se dá pelo estudo mercado e das empresas que nele estão.

Segundo Benjamin Graham, desenvolvedor do método, além de analisar as ações de uma empresa, é necessário que se saiba quais os fundamentos da empresa, como, setor de atuação, o que produz, entre outros.

Porém existem alguns conceitos recomendados a serem seguidos, entre eles estão:

  • Procurar boas empresas que estejam em baixa no mercado, mas possuam visão de crescimento;
  • Procurar negócios de confiança, no qual o ramo de atuação é conhecido pelo investidor;
  • Ter visão de negócio a longo prazo da empresa na qual foi feito o investimento;

Tipos de Value Investing

Há dois tipos de Value Investing que podem ser utilizados pelo investidor, eles são o Deep Value Investing e o High Quality Investing, ambos utilizados para os seguintes fins:

  • Deep Value Investing: Essa estratégia visa comprar as ações de empresas em depreciação no mercado, prevendo que elas entrem em alta novamente e dê rendimentos ao investidor.

O investidor que utiliza esse método realiza aquisição de ativos de empresas em processo de liquidação ou recuperação judicial.

Através disso, o investidor consegue ter lucro mesmo com empresas à beira de um fechamento.

  • High quality investing: Já neste outro método, o investidor procura títulos de empresas de alta qualidade, mas abaixo do mercado, devido a condições externas envolvendo ela.

Um dos motivos que fazem a cotação dessas empresas ficarem abaixo do mercado são crises econômicas ou até situações internas e externas que ocorrem causando a depreciação das ações em relação ao mercado.

Por fim, o investidor que utiliza o High Quality Investing, prevê que quando a situação adversa for corrigida ou superada a empresa voltará a rentabilizar seus títulos e sucessivamente crescendo novamente.

Vantagens do Value Investing

A estratégia de Value Investing possui algumas vantagens que tornam esse método muito famoso e utilizado entre os investidores. Entre eles estão:

  • Baixo risco de perdas e possibilidade de grandes lucros, isso se deve, pois, o investimento da operação é baixo não causando grandes perdas ao investidor caso a empresa não venha a se valorizar.
  •  Por outro lado, há a possibilidade da empresa despontar no mercado, se recuperando das situações que a depreciaram no mercado.
  • Acesso facilitado a qualquer tipo de investidor, desde o investidor individual de baixa renda ao investidor de renda maior, dependendo apenas de estudo, análise e foco no mercado financeiro.
  • Bons lucros de empresas em depreciação no mercado, mas com forte movimento de alta, empresas que após se recuperarem ultrapassam seu valor intrínseco, gerando ótimos lucros ao investidor detentor daquela ou daquelas ações.
  • Baixo risco a flutuação do mercado, devido a investimentos a longo prazo, não se preocupando com as variações diárias do mercado, por ser um investimento que se aguarda retorno em um longo prazo.

Com isso a estratégia de Value Investing é bastante recomendada para pequenos e grandes investidores, independente da sua experiência no mercado.

É sempre um bom começo para investidores iniciantes que estudam e desejam operar no mercado. 

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE