Com o objetivo de sempre me manter próximo dos investidores, diariamente eu faço uso do Instagram para me comunicar e tirar dúvidas

Falando em dúvidas, uma das que eu recebo com maior frequência é: "Edu, como faço para saber o momento de vender uma ação?".

Basicamente existem 3 motivos:

  • A empresa se tornou ruim;
  • Surgiu uma oportunidade melhor;
  • Ou o preço atingiu seu valor justo

Hoje quero explicar melhor os motivos que originam a venda no valor justo

Imagine que há 3 anos você tenha montado uma barraca para vender limões e que sua média de lucro anual seja de R$ 20 mil. 

Sua empresa possui 10 mil ações na bolsa de valores, negociando a um preço de R$ 40.

Bom, se sua empresa lucra R$ 20 mil por ano e possui 10 mil ações, podemos dizer que o lucro por ação (LPA) é de R$ 2.

Podemos dizer também que negociando a R$ 40 por ação, sua empresa negocia a 20x os seus lucros

Como Escolher Boas Ações? Baixe o Checklist de 5 Critérios para Analisar Ações.

A média do setor de vendas de varejo do limão é negociar a 10x os lucros

Mesmo que seu negócio detenha um segredo de crescimento acelerado, o fato de negociar 2x mais que o restante dos concorrentes, pode caracterizar um excesso de otimismo sobre sua empresa

Minha recomendação seria de venda para suas ações.

Se o seu lucro parar de crescer ou cair, saiba que o mercado irá vender suas ações sem dó nem piedade, pois ele aceitou pagar preços muito acima do mercado, apostando no crescimento. 

Na prática, suas ações estavam caras, quando compramos acima do que deveriam valer, nós negligenciamos a margem de segurança.

"A margem de segurança é dependente do preço pago. Para qualquer ativo, ela será grande a certo preço, pequena em um preço maior e inexistente em um preço ainda maior".

Benjamin Graham, o idealizador e criador do Value Investing, deixa muito claro que devemos pagar o menor preço possível por um ativo em relação ao seu valor justo, pois a margem de segurança irá nos agregar potencial de retorno e ao mesmo tempo segurança.

Existem diversas maneiras de encontrar o preço justo de uma ação, mas duas são as mais utilizadas: 

  • Comparação de múltiplos, como descrito no exemplo da barraca de limões;
  • E o desconto do fluxo de caixa, que basicamente projeta os lucros futuros e desconta a uma taxa determinada até o presente momento. 

Descobrir o valor justo facilita muito a abordagem de investimentos, pois você consegue determinar o preço de venda e consequentemente o preço limite de compra, que ainda mantenha uma boa margem de segurança.

Veja 3 exemplos da carteira do Canal Joias da Bolsa:

Exemplos da carteira Joias da Bolsa

Percebe como fica mais claro o caminho a seguir? Temos a margem de segurança e o preço de venda norteando todas as decisões. 

Para chegar ao valor justo das ações da carteira é utilizado um método próprio, criado a partir da adaptação de modelos de Warren Buffett, Graham e Peter Lynch, ajustados à realidade do mercado brasileiro.

E vem funcionando muito bem.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Vendemos até o momento 7 posições com lucro na nossa carteira:

EmpresaDesempenhoMotivo
CARD397,65%Valor justo
LOGG336,45%Valor justo
PRIO3119,05%Margem de segurança
MOVI337,70%Valor justo
ALUP31,85%Troca de oportunidade
ROMI3192,29%Valor justo
ITUB30,22%Troca de oportunidade

Saiba que o mercado no longo prazo torna-se em certo grau, eficiente. Isso explicará o motivo que as ações tendem a encontrar seu valor justo. 

Algumas vezes isso pode acontecer, inclusive, rapidamente. Mas são casos que consideramos exceções

Invista seu tempo para entender a dinâmica e a relação entre preço e valor, assim como os assinantes do canal fazem. 

Quanto mais você dominar o assunto, maior será sua capacidade de encontrar oportunidades.

Comprar empresas baratas e vender antes que fiquem caras tem sido a fórmula do sucesso dos assinantes do Canal Joias da Bolsa.

Informe o DDD + 9 dígitos