O que é Valor Intrínseco da Ação?

O termo Valor Intrínseco da Ação é utilizado para determinar o valor de uma ação, ou seja, ele simplesmente nada mais é do que o valor que esse ativo realmente vale.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Compreender o valor intrínseco de uma ação ajuda o investidor a saber se este ativo está com um preço atrativo, oportuno para compra ou não.

Servindo assim de indicador para a tomada de decisão para investir ou não investir em determinada empresa.

Geralmente, os preços das ações seguem a lógica da oferta e demanda que junto à flutuação do mercado que aparecem às vezes, pode valorizar algumas ações de maneira extrema, totalmente fora da realidade dos seus valores intrínsecos, representando um risco ao investidor.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Sendo assim, os ativos não possuem um valor correto, eles oscilam em uma margem de valores. Além disso, o valor real do ativo pode oscilar ao longo do tempo. 

Geralmente, a definição do valor intrínseco é realizada por uma análise fundamentalista.

Isso porque, essa análise avalia não apenas os aspectos quantitativos da empresa como as demonstrações financeiras, mas também os aspectos qualitativos, como a gestão da companhia. 

A partir desta análise é possível apresentar um cálculo médio do preço justo de uma ação.

O que é Valor Intrínseco?

O valor intrínseco é o nome utilizado para se referir às características internas, ou seja, dos aspectos interiores de determinada coisa.

Na economia, esse termo é usado para realizar a avaliação que é feita para ponderar investimentos nos mercados acionários e opções.

Sendo assim, o objetivo é calcular o valor real de um ativo e usar dessa informação como ferramenta para uma tomada de decisão sobre exercer a oportunidade de compra ou venda.

O valor intrínseco pode ser entendido como o preço justo de uma ação. Porém, nem sempre esse preço será igual à cotação do mercado.

Por exemplo, uma ação pode estar sendo cotada a um preço e ter um valor intrínseco diferente.

Isso porque esse método se baseia no Valuation, ou seja, no que a empresa vale e não no quanto a ação está sendo negociada.

Após o cálculo do valor intrínseco o investidor tem à sua disposição uma opção para ajudá-lo na construção de sua carteira de investimento. Por isso, o investidor deve escolher ativos cujo preço atual seja inferior ao calculado por ele.

Com isso o investidor consegue obter um preço justo na compra ou venda de suas ações minimizando o risco de grandes perdas operando no mercado de ações.

Importância do Valor Intrínseco da Ação

Achar o preço justo e correto de uma ação é necessário para que o investidor reconheça quando o ativo está com o preço abaixo do seu valor real.

Após realizar uma boa análise fundamentalista e descobrir o quanto uma ação vale realmente de fato, o investidor pode aproveitar para investir nas ações ou ativos quando eles estiverem com a cotação de mercado abaixo do seu valor real.

Além de obter conhecimento e experiência, o investidor assume menos riscos em suas operações conhecendo o método do valor intrínseco e adicionando valor em sua carteira de investimentos.

O investidor obtém este valor em carteira através de aportes em empresas de valor ou com ações de nível elevado.

Sendo assim, com o valor intrínseco, o investidor terá aplicado em ativos com potencial futuro, e isso é fundamental em uma carteira de longo prazo.

Com isso, podemos ver a análise fundamentalista do valor intrínseco de um ativo, como uma importante ferramenta para ajudar na construção de uma carteira de valor a longo prazo para um investidor.

Por fim, seguindo as análises corretas, extraindo o melhor do método de valor intrínseco e montando uma boa carteira de investimentos, o investidor obtém bons resultados em sua jornada no mundo financeiro.