A avaliação da Nvidia (NVDC34) ultrapassou o limite de US$ 1,5 trilhão pela primeira vez na quarta-feira (24), enquanto a febre de investimentos em IA continua levando a fabricante de chips a novos patamares.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Suas ações subiram pouco mais de 1% no fechamento, o que foi suficiente para elevar a capitalização de mercado total da gigante de semicondutores de Jensen Huang de US$ 1,48 trilhão para US$ 1,52 trilhão, de acordo com dados da Refinitiv, reportou o Insider.

As ações da Nvidia acumulam ganhos de 42% em um ano.

Os investidores identificaram a Nvidia como uma ação-chave de IA devido ao seu domínio no mercado de unidades de processamento gráfico (GPUs) que alimentam o bot da OpenAI e outras ferramentas de linguagem inteligente.

Seu aumento de três dígitos elevou-a para uma avaliação de um trilhão de dólares em maio e a estabeleceu como membro das chamadas "Sete Magníficas" empresas de tecnologia de megacapitalização, ao lado de Apple (AAPL34), Microsoft (MSFT34), Alphabet (GOGL34), proprietária do Google, Amazon (AMZO34), controladora do Facebook, Meta Plataformas (M1TA34) e Tesla (TSLA34).

A Nvidia não foi o único membro desse grupo a atingir um grande marco de avaliação na quarta-feira.

A capitalização de mercado total da Microsoft subiu para US$ 3 trilhões sem precedentes, enquanto a Meta ultrapassou US$ 1 trilhão pela primeira vez desde 2021, com as ações desfrutando de um forte início de ano graças aos cortes de custos do "Ano de Eficiência" do CEO Mark Zuckerberg.

Fonte: Business Insider

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.