A Vale (VALE3) concluiu o teste de processamento para a primeira fase do projeto Salobo III, com o complexo de Salobo atingindo uma capacidade de processamento superior a 32 milhões de toneladas por ano (Mtpa) por um período de 90 dias.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Esta conquista é um marco importante no acordo de streaming de Salobo com a Wheaton Precious Metals International Ltd. (Wheaton International)”, diz mineradora, em comunicado.

Em 2019, a mineradora iniciou a construção do projeto de expansão Salobo III, com investimento de US$ 1,1 bilhão.

Somada às plantas I e II, a capacidade de processamento agora ultrapassa 32Mtpa, e no momento está em ramp-up para atingir a capacidade total de 36Mtpa no 4T24.

Salobo receberá US$ 370 milhões da Wheaton International pela conclusão da primeira fase do projeto de expansão Salobo III.

O saldo remanescente do pagamento de expansão será acionado assim que a Vale ampliar a capacidade para acima de 35Mtpa por um período de 90 dias.

Além disso, a Wheaton International irá fazer pagamentos anuais de US$ 5,1 milhões a US$ 8,5 milhões por um período de 10 anos na medida em que o complexo Salobo continue a produzir dentro de determinadas faixas de teor de cobre.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.