A Vale (VALE3) confirmou nesta sexta-feira, 6, a assinatura um contrato de longo prazo com a companhia Tesla, do bilionário Elon Musk, para fornecimento de níquel de baixo carbono nos Estados Unidos, a partir das operações da mineradora no Canadá.

"Este acordo está em linha com a nossa estratégia de ampliar a exposição à indústria de veículos elétricos, alavancando nossa baixa pegada de carbono e posição de liderança no mercado como maior produtor de níquel acabado da América do Norte", diz a Vale, em nota.

 O objetivo da Vale é atingir de 30% a 40% de nossas vendas de níquel Classe 1 para a indústria de veículos elétricos em rápido crescimento.

"Esse acordo reflete um compromisso compartilhado com sustentabilidade e mostra muito claramente que somos o fornecedor preferencial para produtos de níquel de baixa emissão de carbono e alta pureza, essenciais para baterias de longo alcance", disse Deshnee Naidoo, vice-presidente executiva de Metais Básicos da Vale.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

 As operações da Vale no Canadá produzem alguns dos produtos de níquel de menor emissão de carbono do mundo, segundo a empresa.

Resultado da Vale no Primeiro Trimestre de 2022 

resultado da Vale (VALE3) no primeiro trimestre de 2022 (1t22), divulgado no dia 28 de abril,  apresentou um lucro líquido de R$ 23,0 bilhões no 1T22, apresentando queda de -27,4%  em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda da Vale atingiu R$ 32,6 bilhões no 1T22, apresentando baixa de -29,9% na comparação com o 1T21.

margem líquida da Vale atingiu 40,8% no 1T22, apresentando retração de -2,8 pontos percentuais na comparação com o 1T21.

As ações da Vale (VALE3) acumulam queda de 5,70% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 16,17% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.