A Vale (VALE3) atualizou nesta segunda-feira, 29, as suas estimativas para este e os próximos anos. Para 2021, o guidance de produção de minério ficou entre 315 milhões de toneladas e 320 milhões de toneladas.

Para o ano que vem, a estimativa de produção de minério é de 320 a 335 milhões de toneladas.

Banner will be placed here

Em documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a companhia informa que descontinuou as projeções anteriores, exceto os valores de produção de níquel, cobre e investimentos (até US$ 5,4 bilhões) para 2021.

Em investimentos, a Vale tem projeção de capex de US$ 5,8 bilhões em 2022 e de US$ 5 bilhões a US$ 6 bilhões na média dos próximos anos.

A produção de níquel deve atingir 175 a 190 mil toneladas em 2022 e 2023. Após 2024, a produção de nível deve ficar em 200 mil toneladas.

Já a produção de cobre deve ficar entre 330 a 355 milhões de toneladas em 2022 e entre 2023 e 2026 entre 390 milhões/toneladas a 420 milhões/toneladas.

Após 2027, a produção de cobre deve ser mais de 450 milhões de toneladas.

Segundo a companhia, a produção de pelotas deve ser de 34 a 38 mil toneladas em 2022; após o ano que vem a produção de pelotas deve ficar em 50 mil toneladas por ano.

Resultado da Vale no Terceiro Trimestre de 2021  

resultado da Vale (VALE3) no terceiro trimestre de 2021 (3t21), divulgado no dia 28 de outubro, apresentou um lucro líquido de R$ 20,2 bilhões no 3t21, apresentando crescimento de 29,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.  

O Ebitda da Vale atingiu R$ 36,2 bilhões no 3t21, apresentando alta de 10,4% na comparação com o 3t20.

A Margem bruta da Vale atingiu 53,9% no 3t21, apresentando retração de -1,9 pontos percentuais na comparação com o 3t20.

As ações da Vale (VALE3) acumulam alta de 12,15% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 8,74% nos últimos 12 meses.