A Vale (VALE3) informou nesta quinta-feira, 28, que assinou, em conjunto com seus sócios Posco e Dongkuk, um acordo vinculante com a ArcelorMittal para a venda de suas respectivas participações na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O enterprise value da transação é de aproximadamente US$ 2,2 bilhões, que será utilizado para o pagamento antecipado do saldo da dívida líquida de aproximadamente US$ 2,3 bilhões.

A conclusão da transação está sujeita às aprovações corporativas e regulatórias usuais, incluindo pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Segundo a ArcelorMittal, a aprovação é esperada até o final de 2022. Localizada no Ceará e fundada em 2008, a CSP é uma joint venture entre a Vale (50%), Dongkuk (30%) e Posco (20%) e tem capacidade instalada de três milhões de toneladas de placas de aço por ano.

"Esta transação reforça a estratégia da Vale de simplificação de portfólio, com foco nos principais negócios e oportunidades de crescimento, pautados pela alocação de capital disciplinada", diz a mineradora.

Já a ArcelorMittal diz que a aquisição traz diversos benefícios estratégicos para a companhia, incluindo o potencial de ampliar a posição da empresa na indústria siderúrgica brasileira, que tem potencial de alto crescimento e capitalizar o significativo investimento planejado de terceiros para formar um hub de eletricidade limpa e de hidrogênio verde em Pecém.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

A ArcelorMittal diz ainda que pode adicionar a capacidade de produção de placas de alta qualidade e com competitividade em termos de custo, com o potencial de fornecer placas dentro do grupo ou de vender nas Américas do Norte e do Sul.

O negócio também deve permitir novas expansões por parte da ArcelorMittal, como a opção de adicionar capacidade de siderurgia primária (incluindo redução direta de minério de ferro - DRI) e capacidade de laminação e acabamento.

A empresa estima capturar mais de US$ 50 milhões de sinergias identificadas, incluindo despesas com vendas, gerais e administrativas (SG&A), compras e otimização de processo.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Vale no Primeiro Trimestre de 2022 

resultado da Vale (VALE3) no primeiro trimestre de 2022 (1t22), divulgado no dia 28 de abril, apresentou um lucro líquido de R$ 23,0 bilhões no 1T22, apresentando queda de -27,4%  em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda da Vale atingiu R$ 32,6 bilhões no 1T22, apresentando baixa de -29,9% na comparação com o 1T21.

margem líquida da Vale atingiu 40,8% no 1T22, apresentando retração de -2,8 pontos percentuais na comparação com o 1T21.

Fonte: Estadão Conteúdo.