O que é a União Europeia?

A União Europeia é uma junção de vários países dentro da Europa que integra diversas regras políticas, econômicas e sociais.

A União Europeia é o bloco econômico mais antigo e maior do mundo, sendo também o mais desenvolvido, devido às relações discutidas há mais tempo que outros blocos mais jovens.

O bloco econômico é formado por 28 países, mais de 500 milhões de cidadãos, a União Europeia possui três sedes, Luxemburgo, Estrasburgo e Bruxelas, que é a sua capital.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

O bloco com 28 países engloba 23 línguas oficiais e cerca de 150 línguas regionais sob seus domínios.

Uma das maiores e melhores medidas criada pelo bloco foi a criação da moeda única, o euro, criada em 07 de fevereiro de 1992, sendo utilizado até os dias de hoje.

Outro grande ponto importante é a livre circulação de pessoas, bens, materiais e serviços abrangendo e potencializando os países economicamente.

Com isso vieram o aumento da qualidade de vida, saúde e trabalho dos cidadãos europeus e a redução das desigualdades sociais e econômicas e sociais dos países-membros.

Além dos países-membros, os países candidatos à UE são República da Macedônia do Norte, Islândia, Montenegro, Sérvia e Turquia. Já os potenciais candidatos são: Albânia, Bósnia e Herzegovina e Kosovo.

Quando surgiu a União Europeia?

A criação da União Europeia se deu ao final da Segunda Guerra Mundial, quando os países europeus verificaram os efeitos e vulnerabilidade causados pela guerra, pois uma nova guerra poderia causar uma destruição total.

A principal finalidade da criação da UE era garantir a paz no continente e entre os países-membros, especialmente entre a Alemanha e a França que haviam guerreado em lados opostos na guerra.

Para isso, era preciso fortalecer os países europeus criando um mercado comum para reduzir os custos de exportações e aumentar o desempenho da economia.

Em primeira instância, houve a criação do CECA (Comunidade Europeia do Carvão e do Aço) em 1952. Essa unidade era formada por países como Alemanha, Bélgica, Holanda, Luxemburgo, França e Itália, conhecida pelo termo "Europa dos seis".

A partir disso, em 1957, criaram o Mercado Comum Europeu (MCE) ou Comunidade Econômica Europeia (CEE) que contou com a adesão de países como a Inglaterra (1973), Irlanda (1973), Dinamarca (1973) e Grécia (1981).

Com isso foram realizados diversos tratados entre os países da União Europeia como, por exemplo, o Tratado de Roma, Tratado de Bruxelas, Ato Único Europeu, Tratado de Maastricht, Tratado de Amsterdã, Tratado de Nice entre outros muitos acordos realizados.

Valores da União Europeia

Os valores contidos na UE são comuns aos países que a compõem, numa sociedade em que prevalecem a inclusão, a tolerância, a justiça, a solidariedade e a não discriminação. Estes valores são parte integrante do modo de vida europeu.

  • Dignidade do ser humano: A dignidade do ser humano é inviolável. Deve ser respeitada e protegida, constituindo a base de todos os direitos fundamentais.
  • Liberdade: A liberdade de circulação confere aos cidadãos europeus o direito de viajarem e residirem onde quiserem no território da União Europeia.
  • Democracia: O funcionamento da União assenta na democracia representativa. Ser cidadão europeu também confere direitos políticos: todos os cidadãos europeus adultos têm o direito de se apresentar como candidatos e de votar nas eleições para o Parlamento Europeu.
  • Igualdade: A igualdade implica que todos os cidadãos têm os mesmos direitos perante a lei. O princípio da igualdade entre homens e mulheres está subjacente a todas as políticas europeias e é a base da integração europeia, aplicando-se em todas as áreas.
  • Estado de Direito: A UE assenta no Estado de Direito. Tudo o que a UE faz assenta em Tratados acordados voluntária e democraticamente pelos países que a constituem. 
  • Direitos humanos: Os direitos humanos são protegidos pela Carta dos Direitos Fundamentais da UE, que proíbe a discriminação em razão, designadamente, do sexo, origem étnica ou racial, religião ou convicções, deficiência, idade ou orientação sexual.