O que é um TWR - Time Weighted Return?

O TWR - Time Weighted Return ou retorno ponderado no tempo é uma forma de cálculo do retorno do investimento.

Para realizar o cálculo do retorno ponderado no tempo, é necessário juntar os retornos em subperíodos, combinando-os e com isso gerando o retorno geral do tempo determinado.

A taxa de retorno em cada subperíodo diferente é ponderada de acordo com a duração de cada subperíodo.

O termo ponderado no tempo difere de outros métodos de cálculo do retorno do investimento apenas na maneira particular como ele compensa os fluxos externos.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Normalmente o retorno ponderado no tempo é usado para comparar o retorno de diferentes ativos, no qual acaba as distorções criadas por aplicações ou retiradas de dinheiro dos fundos de investimento

Além disso, esse tipo de retorno também é denominado de retorno médio geométrico uma vez que é dividido em sub períodos que são multiplicados uns pelos outros.

Geralmente como há grande fluxo de retirada ou entrada de dinheiro no caixa de uma campanha, muitos investidores podem achar extremamente complicado calcular o retorno ponderado no tempo. 

Porém há instrumentos facilitadores para realizar esse cálculo, como calculadoras online ou softwares computacionais para ajudá-los nesse processo. 

Também há um cálculo de taxa de retorno muito utilizado que é a taxa de retorno ponderada em dinheiro, no qual a mesma ajuda a calcular os valores de todos os fluxos de caixa iguais ao valor do investimento inicial.

Como calcular o TWR - Time Weighted Return?

Normalmente para calcularmos o TWR ou o Retorno Ponderado no Tempo utilizamos a seguinte formula:

TWR = [ ( 1 + HP1) x ( 1 + H P2) x ... x ( 1 + HPn) ] – 1

No qual temos:

  • TWR: Retorno ponderado no tempo;
  • n: Número de subperíodos;
  • HP: Valor final - valor inicial + fluxo de caixa / Valor inicial + fluxo de caixa;
  • HPn: Retorno por subperíodo n.

Sendo assim é necessário que se calcule a taxa de retorno de cada subperíodo subtraindo o saldo inicial pelo final. O resultado deve ser dividido pelo valor inicial.

Após isso se deve observar se houve alteração do fluxo de caixa, caso sim, é necessário determinar um novo subperíodo.

Com isso, cada um desses resultados terá uma taxa de retorno. Some 1 ao valor achado em cada equação, isso facilitará os cálculos negativos.

Por fim, os resultados achados em cada subperíodo devem ser multiplicados entre si. O resultado deve ser subtraído para obter o Retorno Ponderado no Tempo ou TWR.

Através da fórmula e dos cálculos apresentados conseguimos extrair o valor correto da taxa de ponderação de ativos comparados.

O que é taxa de Retorno Ponderado em Dinheiro?

Normalmente a taxa de retorno ponderada pelo dinheiro é um método de medir o desempenho de um investimento ou de um portfólio de investimentos inteiro.

Sendo assim, ele é denominado com esse nome, pois se baseia na quantidade de dinheiro em uma conta.

Ao calcular a taxa de retorno ponderada em dinheiro, as entradas em uma conta são definidas em um lado de uma equação contra as saídas da conta no outro lado.

Qualquer que seja o fator necessário para tornar os dois lados iguais, é a taxa de retorno do investimento.

É necessário que os investidores saibam o desempenho de seus vários investimentos para que saibam se precisam fazer algum ajuste.

Normalmente isso é simples quando se olha para um único investimento, mas pode se tornar cada vez mais difícil ao considerar todos os investimentos que compõem um portfólio completo.

Porém há alguns cálculos matemáticos disponíveis para ajudar no cálculo dessa taxa de retorno ponderada pelo dinheiro.

Podemos usar como exemplo um investidor que compre um ativo por R$50 e depois o venda por R$75.

A saída seria a compra de R$50,00 e a entrada seria o preço de venda de R$75,00. Como os R$75 são 1,5 vezes maiores que os R $50, isso significa que a taxa de retorno ponderada é de 50%.