A Trisul (TRIS3) informou na quinta-feira, 12, através de fato relevante que aprovou a 8ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, para distribuição pública com esforços restritos da companhia, no valor total de R$150 milhões, as quais serão objeto de oferta pública de distribuição com esforços restritos de distribuição.

A emissão será realizada em série única e serão emitidas 150 mil debêntures. Ressalvadas as hipóteses de resgate antecipado facultativo, oferta de resgate antecipado total, aquisição facultativa ou de vencimento antecipado das debêntures previstos na escritura de emissão das debêntures, as debêntures terão prazo de 5 anos a contar da data de emissão.

A remuneração das debêntures contemplará juros remuneratórios, calculados a partir da primeira data de integralização das debêntures, equivalentes a 100% da variação acumulada das taxas médias referenciais para depósitos interfinanceiros no Brasil.

Os Certificados de Depósito Interfinanceiro – DI de um dia over extra grupo apuradas e divulgadas pela B3 (B3SA3) expressas na forma percentual e calculadas diariamente sob forma de capitalização composta, com base em um ano de 252 dias úteis, capitalizada exponencialmente, acrescida de sobretaxa (spread), a ser definido no Procedimento de Bookbuilding, e, em qualquer caso, limitado a 2,10% ao ano base 252 dias úteis por ano.

Os Juros Remuneratórios serão calculados de forma exponencial e cumulativa pro rata temporis, por dias úteis decorridos, incidentes sobre o valor nominal unitário ou saldo do valor nominal unitário, conforme o caso, desde a primeira data de integralização ou a data de vencimento do período de capitalização imediatamente anterior.

Conforme o caso, até a data de seu efetivo pagamento, de acordo com a fórmula a ser definida na Escritura de Emissão.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

O pagamento dos Juros Remuneratórios será feito semestralmente, conforme cronograma de pagamento a ser estabelecido na Escritura de Emissão, nos meses de março e setembro de cada ano, sendo o primeiro pagamento devido em 15 de março de 2022.

O valor nominal unitário ou o saldo do valor nominal unitário deverão ser amortizados e pagos pela companhia semestralmente, após o encerramento do período de 30 meses contado da data de emissão, nos montantes e nas datas a serem estabelecidos na Escritura de Emissão, nos meses de março e setembro de cada ano sendo o primeiro pagamento devido em 15 de março de 2024.

As debêntures serão depositadas para distribuição pública no mercado primário por meio do MDA – Módulo de Distribuição de Ativos, administrado e operacionalizado pela B3, sendo a distribuição das debêntures liquidada financeiramente pela B3.

As debêntures serão depositadas para negociação no mercado secundário por meio do CETIP21 – Títulos e Valores Mobiliários, administrado e operacionalizado pela B3, sendo a negociação das debêntures liquidada financeiramente por meio da B3 e as debêntures custodiadas eletronicamente na B3.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

Resultado da Trisul no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Trisul (TRIS3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 12 de maio, apresentou um lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 35,1 milhões no 1T21, uma alta de 12,9% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Trisul atingiu R$ 46,1 milhões no 1T21, apresentando crescimento de 28,0% na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda da Trisul totalizou 22,8% no 1T21, apresentando crescimento de 2,7 pontos percentuais na comparação com o 1T20. 

A Margem Líquida da Trisul atingiu 17,3% no 1T21, apresentando retração de -0,8 ponto percentual na comparação com o 1T20.

As ações da Trisul (TRIS3) acumulam queda de 6,38% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 36,01% nos últimos 12 meses.