O Ministério da Justiça e Segurança Pública instaurou processo administrativo contra a empresa TIM (TIMS3) por indícios de infração ao Código de Defesa do Consumidor.

A investigação será feita pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), órgão da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), e a empresa tem dez dias para apresentar defesa.

O despacho com a notificação está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 9.

O documento não traz explicitamente quais violações estariam sendo atribuídas à operadora, só cita os artigos da lei nos quais as condutas poderiam se enquadrar, dentre eles os que tratam de proteção contra publicidade enganosa e abusiva.

Resultado da TIM no Segundo Trimestre de 2021

O resultado do TIM (TIMS3) no segundo trimestre de 2021 (2t21), divulgado no dia 26 de julho, apresentou um lucro líquido de R$ 681 milhões no 2t21, uma alta de 154,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da TIM atingiu R$ 2,1 bilhões no 2t21, apresentando crescimento de 5,9% na comparação com o 2t20.

A margem Ebitda da TIM totalizou 47,7% no 2t21, apresentando retração de -2,1 ponto percentual na comparação com o 2t20.  

A Margem líquida da TIM atingiu 15,3% no 2t21, apresentando crescimento de 8,8 ponto percentual na comparação com o 2t20.

As ações do TIM (TIMS3) acumulam alta de 1,24% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 18,52% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.