O Grupo SBF, controlador da rede Centauro (CNTO3), anunciou nesta quarta-feira (24), através de comunicado ao mercado, que as ações da companhia passarão a ser negociadas pelo ticker SBFG3.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Além do código do papel, o nome de pregão também será substituído por "GRUPO SBF".

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

De acordo com o grupo, a alteração será aplicada às negociações da bolsa de valores brasileira, B3, a partir do pregão do dia 31 de março, na próxima quarta-feira.

Segundo o grupo, "as alterações estão em linha com a estratégia de negócios da Companhia, que passou a agregar diferentes unidades de negócios".

As três unidades citadas pela companhia são:

Resultado da Centauro no Segundo Trimestre de 2020

O resultado da Centauro (CNTO3) no segundo trimestre de 2020 (2t20), divulgado no dia 13 de agosto, apresentou um prejuízo líquido de R$ 102,2 milhões, revertendo lucro de R$ 111,8 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Centauro no período foi de R$ 46,7 milhões negativos, também revertendo o número positivo de R$ 175,5 milhões de 2019.

A margem Ebitda da Centauro totalizou -19,5% no 2t20, apresentando variação de -51,7 ponto percentual na comparação com o 2t19. 

A Margem líquida da Centauro atingiu -42,7% no 2t20, apresentando variação de -63,2 ponto percentual na comparação com o 2t19.

As ações da Centauro (CNTO3) acumulam alta de 12,39% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 24,30% nos últimos 12 meses.