O que é Tesouro Selic?

O Tesouro Selic é um dos títulos públicos federais emitidos através do programa do Tesouro Direto com intuito de captar recursos para financiar as atividades do Governo Federal Brasileiro.

Assim, é um dos ativos de renda fixa pertencentes e administrados pela Secretaria do Tesouro Nacional. Bastante seguro, esse título possui boa liquidez e rendimentos atrelados à taxa Selic.

O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia, mais conhecido como Selic, é a taxa básica de juros da economia brasileira. Este título conta com liquidez diária e é indicado para:

Apesar de indicado para investimentos com prazos menores, o Tesouro Selic continua sendo uma ótima opção para aqueles de longo prazo também. Isso vai depender dos objetivos da aplicação.

Presente na renda fixa, o ativo oferece boa rentabilidade, considerado acima da média se comparado a outros da mesma categoria. Além disso, é uma ótima opção para a preservação do capital.

Isso porque ele acompanha a taxa básica de juros da economia, desse modo, seu retorno real tende a ser positivo. Especialmente quando a Selic se encontra em alta.

Por ser um título pós-fixado, seus rendimentos variam de acordo com o índice ao qual está atrelado, logo quando a Selic encontra-se:

  • Em alta, sua rentabilidade aumenta;
  • Em baixa, sua rentabilidade reduz.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como Funciona o Tesouro Selic?

A emissão do Tesouro Selic é uma forma de arrecadar recursos financeiros do Governo brasileiro. Portanto, investir nesse título significa emprestar dinheiro para financiar as atividades do país.

Em troca desse empréstimo de capital, o Governo irá remunerá-lo com uma taxa de juros pós-fixada que será paga no momento do resgate da aplicação. A data é acordada no momento da compra.

Todos os títulos do Tesouro Direto representam empréstimos ao Governo, o que diferencia este é a taxa a qual está atrelado: à Selic. Por isso é importante ainda entender mais sobre essa taxa.

A Selic é uma taxa referencial usada para operações diárias realizada entre instituições bancárias e lastreada através dos títulos públicos federais. Por ser a principal taxa do país, ela impacta ainda:

  • Demais títulos da renda fixa;
  • Rendimentos da poupança;
  • Inflação.

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central, a cada 45 dias, determina qual será o valor da taxa para seu próximo período. 

Vale a Pena Investir no Tesouro Selic?

Chamado ainda de LFT (Letra Financeira do Tesouro), é possível afirmar que vale sim a pena investir neste título público. Isso porque ele é indicado para diferentes  objetivos e perfis de investidores.

Além disso, assim como os demais títulos do Tesouro Direto, o Tesouro Selic é bastante acessível. Para começar a investir nele basta que você:

  • Possua conta em uma corretora de valores ou no app ou site oficial do Tesouro Direto;
  • Comprar pelo menos 1% do valor total deste título, cerca de pouco mais de 100 reais.

Sua compra é bastante acessível e o processo acontece de forma simples e segura, totalmente online. Outra vantagem deste título é que a alíquota do Imposto Renda cobrada segue uma tabela regressiva.

Desse modo, quanto mais tempo passar, menor ela se torna. Esse valor é cobrado sobre o rendimento e após 720 dias, ela será de apenas 15% da quantia obtida.

Com rentabilidade diária, uma das vantagens do Tesouro Selic é que mesmo que você resgate antes do prazo, o valor que retorna tende a ser maior que o investido. 

Além disso, esse ativo não possui risco de mercado, possui baixíssimo risco de crédito por ser garantido pelo Governo e possui cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

Em contrapartida ele não paga juros semestrais e seus custos além do IR são o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e as taxas de custódia e de administração.

Caso ainda tenha alguma dúvida sobre o que é Tesouro Selic, consulte o artigo completo sobre Tesouro Direto Selic