Ter Mais de Uma Fonte de Renda é o Segredo dos Ricos
|

Ter Mais de Uma Fonte de Renda é o Segredo dos Ricos

Não dependa de uma única fonte de renda. Veja a importância das múltiplas fontes de renda para construir riqueza.

Por
Atualizado em 30/07/2021

Ter mais de uma fonte de renda é um dos grandes segredos para você ter mais estabilidade financeira e colocá-lo em posição para aumentar a riqueza.

Você já passou por um momento de pânico financeiro, de não saber como pagar suas contas? Ou se viu em uma situação difícil após uma demissão ou uma redução de salário?

É o que pode acontecer com quem aposta todas as suas fichas em uma única fonte de renda e vive de salário em salário. Se alguma coisa acontece com aquela fonte de renda principal você pode enfrentar sérios problemas financeiros. 

Seja você um pequeno empresário, um profissional liberal, autônomo ou um assalariado, o fato é que deveria pensar em uma segunda, terceira ou até quarta fonte de renda.

Diversificar os fluxos de renda é uma estratégia que os mais ricos já empregam.

Esse é o grande segredo para enfrentar a instabilidade de qualquer fonte de renda e fazer seu patrimônio crescer ainda mais.

De acordo com o autor de “Hábitos ricos”, Tom Corley, um ponto em comum entre pessoas financeiramente bem-sucedidas é que elas conseguiram acumular riquezas construindo múltiplas fontes de renda durante a vida. 

Dos bilionários entrevistados, 65% possuíam pelo menos três fontes de renda. Cerca de 3 em cada 10 tinham cinco ou mais fluxos de renda.

Diversificar o risco é algo a se fazer em todas as áreas de sua vida. Assim como nos investimentos, você nunca deve colocar todo o seu dinheiro na mesma cesta.

Veja a importância de ter mais de uma fonte de renda e como usar os  fluxos adicionais para atingir seus objetivos financeiros. 

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Tipos de fluxos de renda

Ter múltiplos fluxos de renda é uma das melhores maneiras de criar uma estabilidade financeira legítima. Esses fluxos podem vir de duas categorias amplas de renda, a ativa e a passiva. 

Na renda ativa, você ganha dinheiro em troca do esforço do seu trabalho. Já a renda passiva requer pouco ou nenhum esforço para ser feita, como o dinheiro proveniente de seus investimentos. 

Tom Corley, em seu livro Rich Habits, compartilhou os resultados de anos de estudo com 233 indivíduos ricos e descobriu que:

  • 65% dos milionários que se fizeram sozinhos tinham três fluxos de renda;
  • 45% tinham quatro fluxos de renda
  • 29% tinham cinco ou mais fluxos de renda

Exemplos desses fluxos adicionais são aluguéis de imóveis, investimentos no mercado de ações e propriedade parcial em um negócio paralelo.

Portanto, se quiser garantir uma maior estabilidade financeira e ver seu patrimônio crescer, considere desenvolver uma segunda fonte de renda em paralelo com seu trabalho atual.

Existem diversas formas de conseguir fontes extras de renda, mas só você será capaz de identificar essas oportunidades, uma vez que dependem do meio em que vive, das suas aptidões, conhecimentos e gostos pessoais.

Isso vale tanto para empresários como para assalariados.

Em geral, existem três áreas amplas para se criar as várias fontes de renda:

  • Investimentos;
  • Imóveis;
  • Negócios.

Essas são apenas as principais classes de ativos em termos de construção de riqueza e renda residual. Você pode subdividir cada classe de ativo em estilos ou estratégias específicas.

As possibilidades de fluxo de renda incluem:

Banner will be placed here

Renda do trabalho

A principal fonte de renda, geralmente é aquela oriunda do seu trabalho, seja seu salário, honorários de alguma atividade autônoma, comissões ou bônus diversos.

Se você e seu cônjuge tiverem empregos recebendo um salário regular ou possuírem mais de um emprego, já está diversificando os fluxos de renda.

Mesmo assim, depender só disso não é o ideal.

Além do mais, se pretende fazer seu patrimônio crescer, sempre terá um teto de horas trabalhadas para ganhar mais.

Atividades e negócios laterais

Aqui existem inúmeras oportunidades dependendo do seu tempo e das suas habilidades.

Você pode começar sua segunda fonte de renda de uma forma simples, sem muito investimento. Basta usar aquilo que você já tem. 

Seja aproveitando seu tempo livre para ganhar dinheiro extra como motorista de aplicativo, fotografando aniversários infantis, oferecendo aulas particulares, passeando com os cães dos vizinhos, vendendo doces, etc.

Perceba as oportunidades à sua volta. Mesmo que seja uma renda pequena ela já permite pagar várias despesas. 

Muitas pessoas inclusive acabam encontrando suas paixões e transformando essas atividades paralelas em negócios bem sucedidos.

Aluguéis

Os aluguéis são conhecidas fontes de renda passiva.

Se você possui um imóvel, pode conseguir um dinheiro extra alugando. Isso nem sempre significa um imóvel inteiro. Muitas pessoas alugam aquele quarto extra para viajantes.

Para quem tem mais dinheiro, adquirir um imóvel para esta finalidade pode ser algo a se considerar.

Mas lembre-se que eles normalmente exigem algum tipo de manutenção e envolvimento de seus donos.

Casas, carros, bicicletas, quase tudo hoje em dia pode ser alugado e se transformar em uma fonte de renda extra.

Investimentos 

Colocar seu dinheiro para trabalhar no mercado de ações é uma maneira testada e comprovada de aumentar a riqueza no longo prazo

Os fluxos de receita de seu portfólio podem incluir dividendos, que são parte do lucro das empresas distribuído aos seus acionistas.

Nesta categoria entram também os juros de títulos de renda fixa e demais aplicações financeiras.

Os investimentos são fonte de renda passiva, isto é, você não precisa trabalhar pelo dinheiro, ele trabalha por você.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso”.

Patrimônio intelectual

Nessa classe entram os royalties, licenciamentos e demais formas de remunerar a produção intelectual.

Artistas, escritores, inventores e criadores de conteúdo, em geral, recebem dessa forma.

Se você escrever um livro, e-book ou montar um curso online, por exemplo, poderá obter uma receita de royalties toda vez que alguém comprar aquele produto.

O patrimônio intelectual também é considerado uma fonte de renda passiva, pois é algo que você só vai criar uma vez e continua recebendo remuneração por permitir que outras pessoas usem aquilo que foi criado.

Ganhos de capital

Essa é a renda originária da venda de ativos com lucro. Ou seja, qualquer outra coisa que tenha valor e que foi vendida por preço maior que o da compra. Por exemplo, ações, imóveis, carros, roupas, etc.

Por que ter vários fluxos de renda?

O principal benefício de ter mais de uma fonte de receita é a segurança financeira adicional.

Pense o quanto ter uma outra fonte de renda, que fosse capaz de dobrar a sua renda familiar, tornaria sua vida mais leve. Provavelmente você se sentiria muito mais seguro para tomar decisões importantes.

Ter vários fluxos de receita significa que mesmo quando as coisas não vão bem em sua renda principal, você não precisa se preocupar tanto se ficar sem essa primeira fonte.

Ou seja, mesmo que você perca o emprego, conseguirá pagar suas contas. 

Ter mais de uma fonte de renda vale também para aqueles com uma situação patrimonial robusta. Veja o exemplo dos milionários, eles sempre investem como segunda fonte de renda.

Quanto mais fontes de renda diferentes você construir no decorrer da sua vida, mais sólida e segura será sua caminhada.

Inevitavelmente isso acabará refletindo de forma positiva em todos os aspectos da sua vida.

Vários fluxos podem ajudar a desenvolver habilidades que levam a novas oportunidades. Ter uma renda extra também te ajuda a progredir em seus objetivos financeiros. 

A melhor maneira de usar sua renda adicional depende da sua situação financeira atual.

Comece pelo básico, que seria pagar as dívidas, construir uma reserva de emergência e depois, usar esses diferentes fluxos de renda para ter mais dinheiro para investir.

Seu fluxo de renda extra não precisa ser substancial para ter um efeito positivo em suas finanças. 

Mesmo quantidades pequenas e consistentes ao longo do tempo podem aumentar com o poder dos investimentos e juros compostos.

Por esses e outros motivos, uma segunda fonte de renda que você deve começar agora são os investimentos. Basta que destine uma parte de sua renda principal para investir no seu futuro.
Para te ajudar, baixe grátis o e-book e aprenda Como investir começando do zero e dê o primeiro passo para uma maior estabilidade financeira.

Dicas sobre Liberdade Financeira
Dicas sobre Liberdade Financeira

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE