Telefonica (VIVT3) Recebe Rating AAA pela Primeira Vez
| , ,

Telefonica (VIVT3) Recebe Rating AAA pela Primeira Vez

As expectativas da Fitch é de que o impacto da pandemia será limitado e não prejudicará a geração de fluxo de caixa resiliente da empresa.

Por
Atualizado em 03/07/2020

A Fitch Ratings informou última quarta-feira (03), que atribuiu, pela primeira vez, o Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA(bra)’ à Telefônica Brasil (VIVT3). A Perspectiva é Estável.

O rating reflete o sólido modelo de negócios da companhia, sustentado por sua posição de liderança no setor de telecomunicações do Brasil, bem como seu perfil financeiro conservador, com liquidez robusta e baixa alavancagem financeira.

A análise também incorpora as expectativas da Fitch de que o impacto potencial da pandemia do coronavírus será limitado e não prejudicará a geração de fluxo de caixa resiliente da empresa.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

O competitivo e regulamentado setor de telecomunicações no Brasil, caracterizado por ser intensivo em capital e exposto a rápidas mudanças tecnológicas, também foi contemplado na análise.

A Fitch incorporou à análise sua Metodologia de Vínculo Entre Ratings de Controladoras e Subsidiárias, por entender que o vínculo entre a Telefônica Brasil e sua acionista controladora, a Telefónica é moderado.

Os laços legais e operacionais são considerados fracos, embora os vínculos estratégicos sejam de moderados a fortes.

Na visão da Fitch, a Telefônica possui perfil de crédito mais forte do que a Telefônica Brasil, devido ao ambiente operacional brasileiro mais fraco, e seu rating reflete a qualidade de crédito individual da empresa.

A Perspectiva Estável reflete a expectativa da agência de que a Telefônica Brasil continuará apresentando forte desempenho operacional nos próximos três anos, sustentado pelo aumento do segmento pós-pago e da receita média combinada por usuário, bem como por seus serviços de banda larga residencial fiber-to-the-home (FTTH), com custos e despesas sob controle.

Além disso, o rating também considera um potencial aumento da alavancagem financeira líquida nos próximos anos, com base em possíveis desembolsos da companhia para a aquisição de uma licença de 5G e para investimentos associados à infraestrutura.

Resultado da Telefônica Brasil no Primeiro Trimestre de 2020

O resultado da Telefônica (VIVT4) no primeiro trimestre de 2020 (1t20), divulgado no dia 06 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão, queda de -14,1% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Telefônica atingiu R$ 4,5 bilhões no 1t20, apresentando crescimento de 3,4% na comparação com o 1t19.

A margem ebitda foi de 41,6%, um crescimento de 1,9 p.p. quando comparado ao 1t19.

Já a margem líquida da Telefônica atingiu 10,7% no 1t20, apresentando retração de 1,6 p.p. na comparação com o 1t19.

As ações da Telefônica (VIVT4) acumulam alta de 0,84% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 3,12% nos últimos 12 meses

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Fitch Ratings.

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE