Telefônica (VIVT3) Faz Acordo com CDPQ para Rede de Fibra
| ,

Telefônica (VIVT3) Faz Acordo com CDPQ para Rede de Fibra

A Telefônica fechou acordo com a gestora canadense de fundos de pensão CDPQ para a rede de fibra ótica no Brasil.

Por
Atualizado em 02/03/2021

A Telefônica Brasil (VIVT3) anunciou nesta terça-feira (2) acordo com a gestora canadense de fundos de pensão CDPQ, que investirá até R$ 1,8 bilhão em uma joint-venture da empresa para a formar uma rede de fibra ótica de atacado no Brasil.

O acordo inclui ainda a espanhola Telefónica Infra, do grupo controlador da companhia que opera sob a marca Vivo no Brasil.

A joint-venture será formada por CDPQ com 50% de participação e o restante dividido em partes iguais entre a Telefônica Brasil e a Telefónica Infra, informou a operadora.

Banner will be placed here

“Isto resulta em uma valoração implícita dos ativos ‘brownfield’ contribuídos pela Vivo de 16,5 vezes o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2020 pro-forma”, informou a Telefônica Brasil.

A transação visa a acelerar a expansão da rede fibra ótica (FTTH) para novas localidades.

A joint-venture, chamada de FiBrasil, tem como meta atingir cerca de 5,5 milhões de lares em quatro anos, com foco em cidades médias fora do Estado de São Paulo, base original da Telefônica Brasil.

Há meses, o grupo espanhol tem avaliado formas de acelerar a expansão da infraestrutura de fibra no país, em meio a um boom de demanda por banda incentivado pelas medidas de isolamento social.

Em outubro, executivo da companhia afirmou que poderia expandir a rede por meio de fusões e aquisições.

“O Brasil é do tamanho de um continente. Nossos investimentos (capex) não vão atingir tudo”, disse na semana passada o diretor de operações da Telefónica, Angel Vila, em referência à estratégia no segmento.

A operadora vai contribuir com cerca de 1,6 milhão de casas passadas em FTTH operadas por ela e será ainda cliente âncora da nova empresa, afirmou a Telefônica Brasil.

A expectativa das empresas é que o negócio seja concluído no segundo trimestre deste ano.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Telefônica no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da Telefônica (VIVT3) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 23 de fevereiro, apresentou um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no 4t20, uma alta de 1,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Telefônica atingiu R$ 4,8 bilhões no 4t20, apresentando retração de 1,8% na comparação com o 4t19.

A margem Ebitda da Telefônica totalizou 43,6% no 4t20, apresentando retração de 0,1 ponto percentual na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Telefônica atingiu 11,6% no 4t20, apresentando crescimento de 0,4 ponto percentual na comparação com o 4t19.

As ações da Telefônica (VIVT3) acumulam queda de 6,20% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 4,06% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE