Telefônica (VIVT4) Entra em Negociação Exclusiva sobre Fibra
| , ,

Telefônica (VIVT3) Entra em Negociação Exclusiva sobre Fibra

Grupo Telefónica está entrando em uma negociação exclusiva sobre a instalação e expansão de fibra ótica no Brasil.

Por
Atualizado em 25/02/2021

O Grupo Telefónica (VIVT3) está em negociações exclusivas com um investidor financeiro para formação de uma joint venture de fibra ótica no Brasil, disse o diretor de operações Angel Vila nesta quinta-feira (25).

O grupo espanhol de telecomunicações está planejando expandir a cobertura de fibra de alta velocidade para mais cidades brasileiras, seguindo um projeto semelhante lançado na Alemanha em parceria com a seguradora Allianz.

“O Brasil é do tamanho de um continente. Nossos investimentos (capex) não vão atingir tudo”, disse Vila à Reuters.

Após falar com vários parceiros potenciais, a empresa entrou em negociações exclusivas com uma “operadora internacional com perfil financeiro e de infraestrutura”, disse Vila, preferindo não citar o investidor.

As negociações avançaram, acrescentou, mas “nestas situações nunca se pode dizer 100% que vai assinar”.

Anteriormente, Vila disse a analistas que uma segunda fase do desenvolvimento poderia ser realizada por meio de acordos com proprietários de fibra como a American Tower.

A Telefônica já usa a maior infraestrutura da empresa americana em Minas Gerais, e Vila disse que “pode ​​ter interesse em consolidar” esse acordo.

Vila disse não poder confirmar uma reportagem da Bloomberg de que as negociações exclusivas estavam sendo mantidas com o fundo de pensão canadense Caisse de depot el placement du Quebec (CDPQ), por causa de um acordo de confidencialidade.

“O CDPQ é um investidor global de longo prazo de primeira classe, o que seria muito atraente”, acrescentou.

A American Tower não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. CDPQ não pôde ser contatado imediatamente.

A Telefónica planeja deter metade dos negócios por meio de seu braço local Telefônica Brasil.

Vila disse a analistas em teleconferência que pode expandir a unidade posteriormente por meio de aquisições.

A Telefónica cortou seus dividendos depois de reportar uma queda de 10% nos lucros de 2020, embora espere que seus negócios se estabilizem este ano.

Como ser Sócio dos Melhores Negócios? Baixe Grátis o Relatório “As Melhores Empresas para Investir”.

Resultado da Telefônica no Terceiro Trimestre de 2020

O resultado da Telefônica (VIVT4) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 23 de fevereiro, apresentou um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no 4t20, uma alta de 1,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Telefônica atingiu R$ 4,8 bilhões no 4t20, apresentando retração de 1,8% na comparação com o 4t19.

A margem Ebitda da Telefônica totalizou 43,6% no 4t20, apresentando retração de 0,1 ponto percentual na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da Telefônica atingiu 11,6% no 4t20, apresentando crescimento de 0,4 ponto percentual na comparação com o 4t19.

As ações da Telefônica (VIVT3) acumulam queda de 5,89% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 9,30% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

Fonte: Reuters

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE