A Telefônica Brasil (VIVT3), dona da Vivo, informou nesta terça-feira (19) que as reduções de capital no montante de até R$ 5 bilhões autorizadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ocorrerão com restituição de recursos aos acionistas, a serem oportunamente fixadas, e sem o cancelamento de ações.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

A operadora ainda disse que a autorização da Anatel determina o prazo de 180 dias para a realização das reduções de capital, prazo que pode ser prorrogado por igual período, mantidas as mesmas condições societárias.

O atual capital social da companhia é de R$ 63,571 bilhões e na avaliação do BTG a dona da Vivo poderia operar o negócio com um valor muito menor.

Telefônica (VIVT3), dona da Vivo, viu suas ações se valorizarem

Na abertura dos negócios nesta terça-feira (19), as ações VIVT3 sobem 0,61%, cotadas a R$ 44,40.

Ontem, os papéis da Telefônica fecharam em alta de cerca de 2%, após o aval da Anatel – chegando a um pico intraday de R$ 44,66, maior nível desde julho de 2022.

Viver de Renda do Mercado Financeiro? Veja a Melhor Ação para Receber Dividendos.

De acordo com o Citi, se toda a redução de capital de R$ 5 bilhões ocorrer ainda neste ano, o “dividend yield” (indicador que avalia o rendimento das ações com o pagamento de dividendos) da Vivo poderá chegar a até 13%.

A implementação de cada etapa de redução ainda deverá ser submetida ao Conselho de Administração e à Assembleia Geral de Acionistas da Telefônica Brasil.

Viver de Renda do Mercado Financeiro? Veja a Melhor Ação para Receber Dividendos.

Resultado da Telefônica no Segundo Trimestre de 2023 

Os resultados da resultados da Telefônica (VIVT3) referente a suas operações do 2T23, foram divulgados no dia 25 de julho, apresentou um lucro líquido de R$ 1,12 bilhões no 2t23, alta de 50,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Telefônica atingiu R$ 5,1 bilhões no 2T23, apresentando crescimento de 11,1% na comparação com o 2T22.

A margem Ebitda recorrente da Telefônica totalizou 39,9% no 2T23, apresentando alta de 1,2 ponto percentual na comparação com o 2T22.

A margem líquida da Telefônica atingiu 8,8% no 2T23, apresentando crescimento de 2,5 pontos percentuais na comparação com o 2T22.

As ações da Telefônica (VIVT3) acumulam alta de 4,57% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 15,60% nos últimos 12 meses.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Fonte: Infomoney.