A Telefônica Brasil, dona da Vivo, informou ao mercado que vê sinergias potenciais de R$ 5,4 bilhões com incorporação da rede móvel da Oi.

Segundo a operadora, esse cálculo é líquido do investimento e do custo de integração. A maior parte das sinergias, na ordem de R$ 1,8 bilhão, dizem respeito às redes.

A tele prevê redução dos custos da operação e manutenção, bem como desativação de sites, despesas menores com implantação 4G/5G, rede core e backhaul, e otimização de TI.

A segunda maior porção das sinergias, de aproximadamente R$ 1,7 bilhão, se referem ao espectro.

A companhia projeta despesas menores com a expansão de capacidade de transmissão, o que também passa pelo desligamento de sites.

A Vivo cita também sinergias de R$ 1 bilhão decorrentes da integração da estrutura de vendas, suporte aos clientes e marketing, e R$ 900 milhões via ágio e alocação do preço de compra do espectro, base de clientes e outros.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

No comunicado ao mercado, a empresa menciona ainda que, em março, os ativos da Oi adquiridos geraram R$ 135 milhões de receita líquida mensal, a partir do qual espera margem Ebitda acima de 70%, considerando o running-rate das sinergias.

A Vivo teve um custo de aquisição de R$ 5,4 bilhões com a compra da rede móvel da Oi.

O pacote inclui: 43 MHz nas frequências de 1.800 MHz, 2.100 MHz e 900 MHz, com cobertura nacional; 12,5 milhões de clientes (37% em pós-pago e 63% em pré-pago); e 2,7 mil sites.

Com esses ativos, a Vivo pulará de 100 para 112 milhões de clientes, sendo que a base será dividida entre 56% de usuários de planos pós-pagos e 44%, de pré.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Com a saída da Oi do mercado de telefonia e internet móveis, a Vivo ampliará sua fatia no segmento de 33% para 38%, sustentando a liderança.

Em pós-pago (negócio mais lucrativo), crescerá de 37% para 40%.

Em relação ao espectro, a tele afirmou que a aquisição de 43 MHz consolidará a sua liderança em qualidade do serviço e permitirá reduzir a intensidade dos investimentos.

Migração dos ativos

A Vivo informou ainda que, de agora em diante, começará a trabalhar na integração dos ativos, o que lhe dará mais visibilidade do valor potencial a ser capturado na transação.

O cronograma previsto é o seguinte: migração de clientes temporária via roaming-like (esquema em que os acessos dos clientes são migrados para a Vivo, enquanto a rede e o atendimento continuam sendo fornecidos pela Oi) até o fim do terceiro trimestre.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Nesse mesmo período, está prevista a conclusão da limpeza do espectro e de adaptação dos sites.

A migração completa dos clientes está prevista para ser finalizada até o fim do primeiro trimestre de 2023.

Resultado da Telefônica no Quarto Trimestre de 2021

resultado da Telefônica (VIVT3) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 22 de fevereiro, apresentou um lucro líquido de R$ 2,6 bilhões no 4T21, uma alta de 103,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Ebitda recorrente da Telefônica atingiu R$ 4,9 bilhões no 4T21, apresentando crescimento de 1,2% na comparação com o 4T20.

margem Ebitda recorrente da Telefônica totalizou 42,9% no 4T21, apresentando retração de -0,7 ponto percentual na comparação com o 4T20.

margem líquida da Telefônica atingiu 22,8% no 4T21, apresentando crescimento de 11,3 pontos percentuais na comparação com o 4T20.

As ações da Telefônica (VIVT3) acumulam alta de 0,22% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 28,44% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.