O que é a Taxa de Administração?

A taxa de administração pode ser considerada a mais conhecida pelos investidores e representa uma maneira de remunerar os gestores, administradores, e demais instituições pela gestão do portfólio do fundo.

Portanto, essa taxa nada mais é do que o valor pago pelos cotistas aos prestadores de serviços do fundo.

Os valores da taxa administrativa são divulgados anualmente, contudo, sua cobrança é feita mensalmente (ao final do mês).

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Com relação às taxas de administração, no mercado financeiro, tendo em vista os produtos que a cobram, especifica-se claramente a sua existência. Existem, inclusive, algumas estratégias de descontos referentes ao seu valor.

O grande problema a ser apontado é que, independente do resultado apresentado pelo fundo, sendo ele positivo ou negativo, o investidor terá que arcar com o valor da taxa administrativa.

Portanto, o pagamento da taxa independe do resultado das aplicações.

Além disso, é importante ressaltar que, no Brasil, todos os fundos têm a obrigatoriedade de, ao divulgar os resultados, apresentá-los já com o desconto da taxa administrativa inserida.

Sendo assim, ao analisar o rendimento de determinado fundo, é importante saber que tal rendimento se deu em termos líquidos de custos.

A taxa administrativa, como consta na instrução CVM 555/2014, refere-se ao valor pelo qual é remunerado o administrador do fundo.

É importante dizer que essa instrução não estabelece um teto mínimo ou máximo referente à cobrança da taxa administrativa, ou seja, o percentual cobrado será estabelecido pelo administrador do fundo.

Esse valor estabelecido pelo administrador do fundo precisa, necessariamente, ser informado por meio de seu regulamento.

Para a redução desse valor, o administrador tem o poder de fazê-lo unilateralmente, necessitando apenas informar aos cotistas de investimentos e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Contudo, se o administrador pretende aumentar esse valor, tal fato deverá ser aprovado em assembleia geral.

Como funciona a cobrança da Taxa de Administração?

Como já foi dito, a taxa administrativa deve ser expressa, por meio do patrimônio de cada cotista, anualmente.

Contudo, devemos dizer que há um provisionamento diário sobre determinado valor – responsável por trazer um cálculo de equivalência de taxas – e o pagamento é feito mensalmente.

Tomemos o exemplo para melhor compreensão, imaginemos um investidor que faça uma aplicação de R$ 1 mil, cujo fundo contém uma taxa administrativa de 2% ao ano.

Esse investidor, ao término de doze meses, pagaria R$ 2 mil de taxa administrativa.

Contudo, o provisionamento diário da cobrança faz com que o percentual ao ano, referentes há 252 dias úteis, seja transformado em percentual diário. Esse cálculo ocorre da seguinte forma:

Taxa diária: [(1 + (2/100))^1/252] – 1.

Taxa diária = 0,0078585% ao dia.

Vale ressaltar que ocorrem variações do valor do capital no fundo diariamente, fazendo com que o valor pago ao dia também oscile.

Ou seja, de acordo com a taxa diária referente ao primeiro dia de aplicação (R$ 1 mil), o provisionamento equivaleria a R$ 7,86, divergindo nos dias seguintes.

A Cobrança e o Efeito Sobre a Rentabilidade

Para a realização da gestão de carteiras, o administrador (pessoa jurídica), deve ser autorizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Ou seja, uma instituição jurídica submetida a um processo de formalização.

Existe um processo de registro e aprovação na CVM para cada fundo de investimento criado. Dito isto, podemos perceber que o administrador do fundo possui diversas despesas devido à regularização junto a CVM.

Junto a isso, ainda devemos enquadrar o tempo de dedicação para a gestão do portfólio do fundo de investimentos, almejando os melhores rendimentos.

Para tanto, é necessário formular uma estratégia, monitorar o mercado, fazer o controle da compra e venda de ativos, dentre outras funções, o que exige uma estrutura operacional.

Por fim, devemos dizer que, por ser uma cobrança incidente sobre o patrimônio investido, a taxa administrativa afeta a rentabilidade do investidor.

Portanto, é muito importante para todo investidor entender o funcionamento da cobrança da taxa de administração.