O que é SUSEP?

A Superintendência do Seguro Privado (SUSEP) é um órgão governamental responsável pela autorização, controle e inspeção do mercado de seguro no Brasil.

A função principal da SUSEP é regulamentar o setor de seguros no país, ou seja, criar e mudar as regras de funcionamento do estabelecimento de todos os envolvidos na oferta e comercialização de seguros no Brasil.

Ademais também é um papel desta organização para a vigilância desse mercado, garantindo que as empresas cumpram os padrões estabelecidos e que a cotação de seguro, o apoio durante a vigência da apólice e pagamento no caso de um pedido de sinistro ser feito de acordo com a lei.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

A SUSEP está ligada ao Ministério das Finanças e foi criada pelo Decreto-Lei n ° 73 de 21 de novembro de 1966.

Ela atua sobre a prevenção e controle da fraude do mercado de seguros, bem como punição em caso de desvio comportamental.

Outro ponto fundamental no desempenho da SUSEP é a capacidade da seguradora de cumprir todos os seus compromissos.

Deve garantir que todas as seguradoras, mesmo que haja uma ocorrência de alto volume dos sinistros, possam honrar com os valores envolvidos na compensação.

É necessário que as seguradoras mantenham o fundo de reserva para arcar com essas despesas, das situações e desastres inesperados.

Saber que a seguradora ou sociedade está empenhada em fazer o trabalho de seguro dentro dos padrões da SUSEP é a garantia de um processo mais calmo. 

Como a SUSEP funciona?

Tratar incertezas é algo que faz parte da nossa rotina. A vida consiste em mudanças e muitas delas são completamente inesperadas.

Devido a isso, o uso de seguro de vida e a previdência privada é uma maneira de descobrir que podemos ser menos vulneráveis a surpresas que podem surgir.

A ampla concorrência oferecida pelo mercado de seguro livre é extremamente saudável e favorável aos clientes. 

No entanto, um ambiente único gera práticas abusivas, para que ambas as empresas e os consumidores concorrentes sejam feridos. É neste contexto que o órgão funciona.

O melhor jeito de evitar fraudes e abusos é negociar com um corretor de seguros legalmente regulado pela SUSEP

Alguns problemas importantes podem resultar de uma apólice irregular, além de efeitos negativos no seu bolso. 

Quais os objetivos da SUSEP?

Uma corretora de seguros deve cumprir todos os requisitos legislativos antes do fornecimento dos seus serviços e produtos ou renovar aqueles que já foram contratados.

A partir do momento que a comercialização é permitida, o órgão começa a atuar com algumas ações para garantir que tudo seja feito corretamente, distinguindo imediatamente as responsabilidades de corretores e seguradoras.

Em seguida, supervisiona os fundos de reserva para garantir que os danos serão honrados de acordo com a apólice. E finalmente, verifica se as corretoras contratam empresas associadas ao SUSEP.

Por outro lado, é um grande negócio para os corretores atenderem a todos os requisitos. 

Além de transmitir segurança aos clientes, isso aumenta a autoridade e melhora as chances de negociação. Ou seja, são vantagens competitivas em um mercado muito competitivo.

Além disso, os consumidores sem dúvidas são os principais beneficiados com o desempenho dos órgãos. Ao contratar uma corretora regulada, seus direitos estão devidamente protegidos.

A supervisão da SUSEP impede que os corretores cometam práticas de mercado abusivas e qualquer outra irregularidade.