O que é Superávit?

Quando a quantidade de recursos for maior do que o esperado, haverá superávit. Na economia, ocorre superávit quando a receita é maior que a despesa, o que mostra que o resultado é positivo.

Nas contas públicas, quando a receita do governo ultrapassar o gasto, haverá superávit. Ao desconsiderar as despesas com juros e o superávit nominal, pode ser considerado como superávit primário.

Na balança comercial de um país, se as exportações excedem as importações dentro de um determinado período de tempo, haverá um superávit comercial. Nesse caso, mais produtos são vendidos no exterior do que comprados.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Para que uma empresa tenha superávit, é necessário que o orçamento gere mais receitas do que despesas com suas atividades.

Quando há perda ou resultado negativo, superávit é sinônimo de superávit ou ganho, o oposto de déficit. Em um país podem existir três tipos de superávits: primário, nominal e o comercial.

O que é Superávit Nominal?

O superávit nominal é simplesmente o resultado de todas as receitas menos todas as despesas do estado, incluindo juros e correções de moeda.

Em outras palavras, é um dos métodos de cálculo do superávit de um país e é um conceito básico da economia.

Portanto, pode-se ver que há uma diferença entre principal e nominal. Embora as correções de juros e moeda também sejam deduzidas nominalmente, apenas as despesas nacionais são deduzidas principalmente.

Entre os dois, ainda existe um superávit operacional, que apenas reduz juros do superávit primário. Portanto, a diferença entre o operacional e o nominal é que o último também considera as correções cambiais.

Um superávit nominal é bom para a economia, porque significa que a arrecadação é superior ao custo e aos juros da dívida. Dessa forma, o governo pode quitar parte da dívida, ou até reduzi-la drasticamente.

À medida que as despesas com juros e ajuste cambial diminuíram, o governo melhorou ainda mais seus resultados, criando uma posição fiscal favorável para o investimento privado.

Uma vez que se trata de receita menos despesa, para melhorar o superávit, é necessário que o governo corte despesas ou aumente as taxas.

Além disso, é necessário formular medidas específicas para reduzir as taxas de juros e os ajustes cambiais da dívida pública.

Portanto, é necessário entender as condições econômicas do país, incluindo informações sobre saldos e superávits comerciais.

Como funciona o Superávit Nominal e qual sua importância? 

O superávit nominal é um método possível de cálculo do superávit nacional. Superávit é um excedente positivo entre receita e despesa; o cálculo do superávit nominal leva em consideração a correção monetária de juros e da dívida.

Isso equivale a dizer que, para encontrar um superávit nominal, o custo dos pagamentos de juros e correções de moeda deve ser removido do superávit original.

A obtenção do superávit nominal depende de todas as medidas usuais para a obtenção do superávit principal (corte de despesas, aumento da arrecadação) e de algumas medidas mais específicas voltadas para a redução das taxas de juros e correção cambial da dívida.

No que diz respeito à dívida pública externa, os juros refletem o grau de confiança que os organismos internacionais (como o Fundo Monetário Internacional) têm na capacidade do país de devolver o capital recebido.

Portanto, quanto mais forte a economia e as políticas internas mais estáveis, menores são os juros dessas dívidas. No que diz respeito à dívida pública interna, a política monetária ajuda a controlar as taxas de juros.

Por exemplo, o corte do Bacen na Selic permite ao governo economizar dinheiro pagando juros mais baixos sobre sua dívida. Como resultado, o superávit nominal aumentou.