A SulAmérica (SULA11) informou nesta segunda-feira (29), através de aviso aos acionistas, que foi aprovado o aumento do capital social da Companhia mediante capitalização de parte do saldo da conta de Reserva Estatutária no valor de R$ 1,0 bilhão.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Em razão da capitalização, foram emitidas 72.833.212 novas ações, sendo 36.506.376 ações ordinárias e 36.326.836 ações preferenciais, todas escriturais, sem valor nominal.

Será atribuído aos acionistas, a título de bonificação, 60,4575212 novas ações ordinárias para cada lote de 1.000 ações ordinárias e 60,4575212 novas ações preferenciais para cada lote de 1.000 ações preferenciais detidas em 29 de março de 2021.

As ações decorrentes da bonificação automaticamente constituídas em units, guardada a proporção de 1 ação ordinária e 2 ações preferenciais por unit.

Dessa forma, o capital social da Companhia passa a ser de R$4,6 bilhões, dividido em 1.277.533.810 ações, sendo 640.341.527 ações ordinárias e 637.192.283 ações preferenciais, todas nominativas e sem valor nominal.

A Companhia destaca que tem direito à bonificação os acionistas titulares de ações na posição acionária final do dia 29 de março de 2021.

As ações de emissão da Companhia passarão, portanto, a ser negociadas na B3, “ex direito” à bonificação, a partir de 30 de março de 2021, inclusive.

As ações emitidas tem as mesmas características e conferem a seus titulares os mesmos direitos conferidos em seu Estatuto Social e na legislação aplicável às ações da mesma espécie de emissão da Companhia, participando integralmente das distribuições futuras relativas aos resultados do exercício em curso.

A data prevista para o crédito das ações decorrentes da bonificação aos acionistas é 01 de abril de 2021.

Melhores Oportunidades do Mercado Financeiro? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização Hoje.

A bonificação é realizada em números inteiros, podendo os acionistas, no período compreendido entre 01 de abril de 2021 a 30 de abril de 2021, mediante negociação privada ou através de sociedades corretoras de sua livre escolha autorizadas a operar pela B3, transferir os direitos às frações de ação a que fizerem jus, de modo a formar ações inteiras.

Esgotado o prazo acima, as frações das ações serão vendidas em leilão a ser realizado na B3, dividindo-se o produto da venda, proporcionalmente, pelos titulares das referidas frações, o custo unitário atribuído às ações ora emitidas é de R$13,73 por ação.

Resultado da SulAmérica no Quarto Trimestre de 2020

O resultado da SulAmérica (SULA11) no quarto trimestre de 2020 (4t20), divulgado no dia 24 de fevereiro, apresentou um lucro líquido de R$ 42,7 milhões, baixa de 90,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda ajustado da SulAmérica atingiu R$ 75,4 bilhões no 4t20, apresentando retração de -82,7% na comparação com o 4t19.

A margem Ebitda da SulAmérica totalizou 1,4% no 4t20, apresentando retração de 7,4 pontos percentuais na comparação com o 4t19. 

A Margem líquida da SulAmérica atingiu 0,8% no 4t20, apresentando retração de -8,4 pontos percentuais na comparação com o 4t19.

As ações da SulAmérica (SULA11) acumulam queda de 10,67% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 2,75% nos últimos 12 meses.