O que é Suitability?

Na maior parte do mundo, os profissionais da área financeira têm o dever de tomar medidas que garantam que o investimento seja adequado para o cliente.

Qualquer empresa financeira ou indivíduo que negocie com um investidor deve responder à pergunta: "Este investimento é apropriado para meu cliente?"

A empresa, ou pessoa associada, deve ter uma base legalmente razoável, ou alto grau de confiança, de que a segurança que está oferecendo ao investidor está em linha com os objetivos desse investidor, como tolerância ao risco, conforme declarado em seu perfil de investimento.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Tanto os consultores financeiros quanto os corretores-negociantes devem cumprir uma obrigação de adequação, o que significa fazer recomendações consistentes com os melhores interesses do cliente subjacente.

Independentemente do tipo de investidor, os requisitos de adequação cobrem custos de transação anormalmente altos e giro excessivo da carteira, denominado churning, para gerar taxas de comissão.

Como funciona o Suitability?

Suitability, de forma resumida, é o processo de identificação do seu perfil de investidor, com o objetivo de criar uma carteira de investimentos adequada às suas necessidades e desejos.

Em tradução, suitability significa aptidão e é justamente essa a função do teste de suitability. Também conhecido como Avaliação do Perfil do Investidor (API), trata-se de um questionário aplicado para que os profissionais compreendam o grau de tolerância ao risco dos clientes.

Com o intuito de proporcionar proteção ao capital financeiro de seus clientes, a instrução CVM 539 de 2013, que entrou em vigor em julho de 2015, tornou o preenchimento do formulário uma norma obrigatória da CVM (Comissão de Valores Imobiliários), conforme à regulamentação CVM.

Nele, o investidor deve responder todas as informações solicitadas, que têm o objetivo de apurar as preferências do investidor para atingir os seus objetivos.

São elas como: O período que deseja manter os investimentos, as preferências declaradas quanto à assunção de riscos, o objetivo de investimento, patrimônio, necessidade futura de recursos, tipos de produto, serviços e operações familiares, a natureza, o volume e a frequência das operações já realizadas, bem como o período, além da formação acadêmica e experiência profissional.

Depois de preenchido, você se enquadra em um dos perfis de investidor e, a partir disso, a corretora disponibiliza os produtos correspondentes ao seu tipo de perfil.

Qual a importância do Suitability?

Saber qual é o seu perfil de risco antes de investir é essencial para escolher os melhores produtos para operar. Isso porque, dependendo do seu perfil de risco, a corretora poderá constatar por meio do suitability, se você está apto ou não para realizar tal operação.

Sem a identificação correta de seus dados pessoais, qualquer conselho de investimento feito a um cliente específico pode ser considerado uma violação dos regulamentos.

Nesse processo, é fundamental que o investidor sempre solicite a identificação de seus dados pessoais e responda ao formulário API com seriedade para que as informações sejam suficientes para representar sua realidade em termos de objetivos, conhecimento e situação financeira.

Além disso, os investidores não devem alterar suas informações pessoais apenas para se adaptarem a novas categorias de produtos. Isso porque a falta de aplicabilidade a determinados produtos não impede os investidores de fazerem pedidos.No entanto, sim, a agência intermediária tem a responsabilidade de divulgar todos os riscos do produto ao cliente com conhecimento insuficiente.