O que é Stop Gain?

A palavra gain significa ganhar. Uma ordem de venda stop gain tem como objetivo permitir que suas metas de ganho sejam quantificadas. O prazo de validade e o status dessa ordem são controlados e alterados por você.

O stop gain é um mecanismo utilizado pelos investidores na Bolsa de Valores, caso o preço da ação suba e atinja determinado valor (definido no ato da compra), a ação será automaticamente vendida.

Os day traders, swing traders e investidores que usam tanto a análise fundamentalista e técnica, todos usam o stop gain para obter lucros e garantir que a operação seja lucrativa.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

O stop gain é uma estratégia muito comum no mercado de ações que permite aos investidores ou corretores venderem automaticamente suas ações quando atingem um valor previamente especificado.

O nome da operação vem do inglês, onde "stop" pode ser traduzido como "parar" e "gain" pode ser traduzido como "ganho".

Em outras palavras: esta técnica permite que você "pare de ganhar". A princípio, essa estratégia pode parecer estranha para quem não tem experiência no mercado.

O objetivo é evitar perder o que você ganhou. Uma vez que as flutuações dos preços das ações são incertas, o objetivo dos retornos de stop gain é precisamente garantir retornos.

Outra vantagem diz respeito à praticidade. Apesar de envolver possibilidades de lucro, operar day trade ou swing trade exige muita atenção e tempo disponível de observação de mercado.

Portanto, o uso de stop gain é recomendável para quem não pode ficar horas acompanhando os movimentos da bolsa.

Para que serve o Stop Gain?

Assim como o Stop Loss e trailing stop, o stop gain são ferramentas que os investidores podem usar no mercado de capitais.

São um mecanismo de proteção da carteira de investimentos, principalmente para os investidores que não atuam no home broker todos os dias, pois também exercem outras atividades profissionais.

No entanto, além de usar restrições de perda ou ganho, os investidores também podem usar a análise fundamentalista e avaliar se o investimento ainda é atraente, independentemente das variações de preço.

Primeiro, o ativo que será alvo da operação deve contar com bastante liquidez no mercado. Para conseguir colocar um bom Stop Gain em sua operação, faça um estudo bem criterioso.

Primeiro, verifique qual é o lucro que você está procurando com o ativo e qual é o valor mínimo que se espera perder, caso algo saia errado.

Como funciona o Stop Gain?

Para que você entenda o funcionamento do stop gain é simples e se assemelha à abertura de ordens de compra ou venda na bolsa.

Neste caso, para você assumir uma operação comprada, basta abrir uma ordem de venda cadastrando o patamar de preço com o qual você deseja encerrá-la.

Assim, se o mercado alcançar essa cotação, a operação será encerrada e você realizará o lucro automaticamente, sem precisar estar online para isso. Por exemplo

Imagine, por exemplo, uma operação com ações. Você adquire os papéis a R$ 22,00 visando que eles se valorizem até R$ 30,00.

Sem o stop gain, se a ação chegasse a R$ 30,00 e depois caísse para R$ 15,00 sem que você estivesse acompanhando o mercado, o lucro não seria realizado.

Já se o stop gain é cadastrado, a ordem de venda acontece automaticamente quando a cotação atinge os R$ 30,00.

Mesmo que a ação caia a R$ 15,00 depois, isso não afetará sua operação, pois os papéis já terão sido vendidos e o lucro, realizado.