O que é Spread e como funciona

Spread

O que é Spread. Significado, conceito, para que serve e como funciona.

O que é Spread?

Spread é um termo muito comum usado no ramo das finanças e pode ter vários significados, a depender do tipo de aplicação. 

Porém, todos têm a mesma essência no seu significado, se remetendo à diferença entre dois preços, taxas ou rendimentos

A forma mais comum de utilização do termo spread é quando nos referimos ao spread bancário, que é a diferença entre os juros cobrados pelos bancos aos tomadores de crédito e o custo de captação.

Banner will be placed here

Spread bancário

O spread bancário nada mais é do que o ganho dos bancos com a concessão do crédito para os seus clientes.

O spread bancário é a diferença entre a taxa de juros que um banco cobra do tomador e a taxa de juros que um banco paga ao depositante.

Também chamado de spread de juros líquidos, o spread do banco é uma porcentagem que informa a alguém quanto dinheiro o banco ganha versus quanto ele distribui.

Um banco ganha dinheiro com os juros que recebe sobre empréstimos e outros ativos e paga dinheiro a clientes que fazem depósitos em contas que rendem juros

Por exemplo, um banco que emite CDBs com taxas de juros de 5% e empresta dinheiro para empresas a uma taxa de 20% terá um spread de 15%.

O spread do banco pode indicar a margem de lucro de um banco, isso porque um spread alto equivale a uma margem de lucro maior, uma vez que a diferença entre os juros ganhos e os juros pagos é alta.

No entanto, o spread bancário mede a diferença média entre as taxas de juros de empréstimo é empréstimo, não o valor da atividade bancária em si, o que significa que o spread bancário não indica necessariamente a lucratividade de uma instituição financeira.

Spread bid-ask

No mercado financeiro, o spread bid-ask pode ser definido como a diferença entre o preço de compra e o preço de venda de uma ação.

Se, no livro de ofertas, o preço de venda mais baixo de uma ação é R$20,00 e o preço de compra mais alto é de R$19,00, então, o spread desta ação será de R$1,00.

O preço de venda mais baixo é conhecido como “ask”, enquanto o preço de compra mais alto é conhecido como “bid.”

O bid também pode ser chamado de “topo do book das ofertas de compra”, enquanto que o ask é o “topo do book das ofertas de venda”.

Um ativo que apresenta baixo spread bid-ask significa que existe ali uma elevada liquidez, visto que as ofertas de compra e venda estão bem próximas.

Sabendo que o spread é curto, o investidor sabe que pode realizar compras e vendas sempre com a alta probabilidade de ter saída para seus negócios. 

Por exemplo: se alguém comprou uma ação ao preço de R$30,00 e precisar vender rapidamente o ativo, saberá que poderá fazer a venda ao valor de R$29,99.

Z Spread

Z spread é o nome utilizado para se referir a um spread de volatilidade zero. Ele também pode ser referenciado como “spread estático”.

Este é um conceito mais complexo de spread.

O Z Spread tem como objetivo nivelar diferentes fluxos de caixa gerados por um ativo financeiro, constituindo o que se nomeia como “spread constante”.

Com isso, se um investimento entrega diversos fluxos de caixa ao longo do tempo (e não apenas em uma data final), é a medição do Z Spread que ajudará o investidor a tomar as suas decisões.

Em outras palavras, o Z Spread irá medir os múltiplos ganhos (entradas de capital) de um investidor ao longo do tempo, entregando uma taxa de spread constante a quem faz esse tipo de análise.

Entre outros fatores, esse cálculo ajudará a entender diversos fatores assumidos, especialmente ligados ao risco (como crédito ou liquidez, por exemplo).

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE