S&P Eleva Rating da Even (EVEN3) com Perspectiva Positiva
| ,

S&P Eleva Rating da Even (EVEN3) com Perspectiva Positiva

A S&P Global elevou o rating da Companhia na Escala Nacional Brasil de brAA para brAA+, com perspectiva positiva.

Por
Atualizado em 07/07/2021

A Even Construtora (EVEN3) informou na terça-feira (06), através de fato relevante, que a agência de classificação de risco Standard and Poor’s Global Ratings elevou o rating da Companhia na Escala Nacional Brasil de brAA para brAA+, com perspectiva positiva.

A Even reportou resultados sólidos em 2020, com receitas de R$ 1,6 bilhão e geração de caixa operacional de R$ 747 milhões.

A empresa mantém uma estrutura de capital robusta, principalmente após o IPO de sua subsidiária, Melnick Desenvolvimento Imobiliário (MELK3), em setembro do ano passado.

Banner will be placed here

A elevação é sustentada principalmente pela melhora nas métricas de crédito da empresa em linha com nossas projeções.

A perspectiva positiva incorpora a expectativa da S&P de que a Even manterá uma crescente geração de caixa e rentabilidade ao longo dos próximos anos, apresentando maiores semelhanças na rentabilidade histórica com seus pares atualmente avaliados em ‘brAAA’ como a Tenda (TEND3) e a Direcional Engenharia (DIRR3).

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Even no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Even (EVEN3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 13 de maio, apresentou um lucro de R$ 83,6 milhões apresentando crescimento de 130% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Even atingiu R$ 104,3 milhões no 1T21, apresentando crescimento de 137,8% na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda da Even totalizou 15,3% no 1T21, apresentando crescimento de 4,5 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

A Margem Líquida da Even atingiu 12,2% no 1T21, apresentando crescimento de 3,3 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

As ações da Even (EVEN3) acumulam queda de 3,88% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 14,74% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE