S&P Eleva Nota Stand-Alone da Petrobras (PETR4)
| , ,

S&P Eleva Nota Stand-Alone da Petrobras (PETR4)

A S&P Global Ratings (S&P) elevou a nota de crédito stand-alone da Petrobras em um nível, de “bb” para “bb+”.

Por
Atualizado em 28/07/2021

A Petrobras (PETR4) informou na quarta-feira, 28, que a agência de classificação de risco S&P Global Ratings (S&P) elevou a sua nota de crédito stand-alone (risco intrínseco) em um nível, de “bb” para “bb+”.

A agência manteve o nível de risco (rating) da dívida corporativa da companhia em “BB-“, dois níveis abaixo da nota stand-alone, devido ao limite imposto pelo rating da República Federativa do Brasil. A perspectiva foi mantida como estável.

“Este upgrade é um reconhecimento do comprometimento da Petrobras em melhorar sua alavancagem financeira e em gerar cada vez mais valor”.

Banner will be placed here

“Continuaremos executando nossas estratégias para progredir ainda mais”, destacou o Diretor Executivo Financeiro e de Relacionamento com Investidores, Rodrigo Araujo Alves.

A S&P ressaltou que a elevação da nota stand-alone reflete a melhora na estrutura de capital da companhia, a sólida geração de caixa e o progresso no programa de vendas de ativos.

Destacou ainda o foco na redução de custos, ganhos de eficiência e a forte posição competitiva da companhia.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Petrobras no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Petrobras (PETR4) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 14 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no 1T21, uma alta de 102,4% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda da Petrobras atingiu R$ 49,5 bilhões no 1T21, versus um prejuízo de R$ 29,6 bilhões na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda ajustada da Petrobras totalizou 57,5% no 1T21, apresentando crescimento de 96,8 pontos percentuais na comparação com o 1T20. 

A Margem Líquida da Petrobras atingiu 1,3% no 1T21, apresentando crescimento de 65,6 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

As ações da Petrobras (PETR4) acumulam alta de 4,21% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 23,32% nos últimos 12 meses.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE