O que é Soft Skills?

Soft Skills são habilidades interpessoais, relacionadas à forma como uma pessoa se relaciona com as outras.

Em tradução livre, Soft Skills significa “habilidades suaves”, podendo também ser empregada como “habilidades sociais”.

Esse termo é usado pois as habilidades interpessoais não são facilmente mensuráveis, sendo caracterizada por condições subjetivas.

O contrário ocorre com as hard skills (habilidades duras), que se referem ao conhecimento e habilidades técnicas, que são passíveis de mensuração objetivas.

Enquanto que as hard skills se referem à capacidade de uma pessoa de executar uma determinada função técnica, as soft skills tem a ver mais sobre como as pessoas são e se comportam em grupo, e não necessariamente com o que elas sabem fazer.

Dessa forma, as soft skills são relacionadas à personalidade dos indivíduos, sendo difíceis de serem adquiridas ou moldadas. Justamente por isso, as soft skills são muito valorizadas na atualidade.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Entendendo Soft Skills

Vários são os fatores usados para qualificar as soft skills de uma pessoa.

As dez habilidades sociais mais importantes, e valorizadas pelas empresas na hora de selecionar os candidatos, são:

  1. Princípios éticos;
  2. Confiança;
  3. Atitude positiva;
  4. Motivação;
  5. Trabalho em equipe;
  6. Organização e gestão do tempo;
  7. Capacidade de trabalhar sob pressão;
  8. Comunicação;
  9. Flexibilidade;
  10. Segurança.

Essas características podem ser combinadas das mais diversas formas possíveis, gerando traços de personalidades únicos nos indivíduos e configurando o tipo de soft skill.

Vejamos algumas soft skills que são mais fáceis de serem identificadas.

Inteligência Emocional

A inteligência emocional é a capacidade de reconhecer e lidar com as próprias emoções e com as emoções dos outros.

Esta é uma habilidade muito importante para quem ocupa cargos de liderança, pois é preciso saber controlar as próprias emoções e entender como a equipe está se sentindo em cada momento. 

Essa soft skill consiste na identificação das emoções por meio de aspectos fisiológicos e, posteriormente, saber como lidar com seus efeitos e reações.

Isso é muito importante pois, nem sempre, as emoções são evidentes, e este fator tem forte relevância na atuação do dia a dia dos colaboradores.

Resiliência 

Outra soft skill muito observada é a resiliência.

Esta se refere à forma como um indivíduo se comporta frente a situações adversas e complexas, quando há a necessidade de tomar decisões sob pressão.

Em outras palavras, a resiliência se refere à capacidade de lidar com problemas de modo assertivo e se adaptar facilmente.

Comunicação

Uma habilidade muito analisada dentro das empresas é quanto à forma como as pessoas se comunicam.

Em qualquer função, ter uma boa comunicação é uma habilidade muito importante, quando não fundamental.

Entretanto, há de se destacar que esta habilidade pode ser usada tanto para o bem, ao incentivar uma equipe ou resolver problemas, quanto para o mal, quando é empregada para incitar conflitos.

Seja como for, ter uma comunicação assertiva é muito importante para fazer com que uma mensagem seja entregue e entendida da maneira como deve ser.

Isso ajuda muito na organização e entendimento das tarefas a serem realizadas por um grupo.

Benefícios do Soft Skills

As habilidades sociais são tão importantes quanto as habilidades técnicas.

De que adianta um funcionário ser esperto e inteligente, tendo amplo domínio sobre as atividades práticas da produção, se não se relaciona bem com os demais colaboradores?

Neste caso, a alta produtividade de um indivíduo pode atrapalhar os trabalhos de toda uma equipe.

O ideal, portanto, é que as soft skills estejam em harmonia com as hard skills.

Por exemplo, um espírito colaborativo entre os trabalhadores é importante. 

Os membros da equipe que são capazes de trabalhar bem com pessoas de diferentes gerações e origens são geralmente mais produtivos e mais capazes de se concentrar em prioridades comuns. 

A eficiência e a produtividade aumentam quando os funcionários colaboram, compartilhando conhecimento e ferramentas para realizar as tarefas.