O que é Sisbacen?

Sisbacen é a sigla para Sistema de Informação do Banco Central.

Basicamente, é um sistema eletrônico no qual são processadas e armazenadas todas as informações financeiras do Brasil. 

Para isso, o Sisbacen é responsável por coletar, armazenar e trocar informações que ligam o Banco Central aos agentes do sistema financeiro nacional.

Esses agentes são as instituições financeiras como os bancos comerciais, bancos múltiplos, corretoras de câmbio entre outras.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Para que serve o Sisbacen?

O Sisbacen é um dos sistemas mais importantes do sistema financeiro nacional.

Ao unificar e integrar as ações do sistema financeiro, este sistema ajuda a garantir uma maior rapidez e segurança nas operações financeiras, como as transações e concessões de crédito. 

Isso porque as operações realizadas entre clientes e instituições financeiras são registradas automaticamente em uma única base de dados.

Consequentemente, isso permite que as atualizações de saldos das pessoas e empresas sejam feitas de forma rápida e simples.

Sem isso, haveria muita margem para o mau funcionamento do sistema financeiro nacional, ocasionando colapso e fraudes a todo momento.

Funções do Sisbacen

Para cumprir o seu papel de organização do sistema financeiro nacional, o Sisbacen tem  suas funções muito bem estabelecidas.

Entre as diversas funções deste sistema, podemos destacar as ações do Sisbacen que merecem maior destaque:

  • Disponibilizar informações financeiras
  • Registrar e oferecer informações sobre crédito, financiamentos e investimentos
  • Colaborar com a análise sobre limites de crédito
  • Proteger o sistema financeiro contra colapso
  • Prevenir crises e nos proteger contra fraudes

Disponibilizar informações financeiras

Uma das funções do Sisbacen é a de disponibilizar informações financeiras de agentes econômicos para o governo, pessoas físicas e jurídicas.

Estas informações estão em suas bases de dados, e servem para várias coisas, como ajudar na intermediação financeira e realizar investigações de fraudes e corrupção.

Entretanto, isso deve ocorrer dentro das regras que estabelecem os sigilos previstos por leis, como as leis de sigilo bancário e fiscal. 

Registrar e oferecer informações sobre crédito, financiamentos e investimentos

Outra função do Sisbacen é registrar e disponibilizar para consultas informações sobre créditos, financiamentos e investimentos no país

Para isso, o Sisbacen utiliza o Sistema de Informação de Crédito do Banco Central (SCR)

Dessa forma, qualquer operação realizada têm suas informações registradas na base de dados do SCR, como as operações de crédito, financiamento, avais, fianças, investimentos, entre outras.

Para que o SCR consiga manter seus dados atualizados, é preciso que as instituições financeiras repassem mensalmente as informações para o sistema. 

É através dessa prática que é possível saber se os usuários estão pagando seus financiamentos em dia ou não, o que permite combater futuras inadimplências. 

Colaborar com a análise de limites de crédito

O Sisbacen ajuda as instituições financeiras a analisarem o perfil dos tomadores de crédito.

É através das informações repassadas por este sistema que os bancos e financeiras conseguem estimar o perfil de risco dos seus clientes.

Caso a análise seja negativa, ou seja, com alta probabilidade de inadimplência, o crédito dificilmente será liberado.

Proteger o sistema financeiro contra colapso

Como a maioria já sabe, o Banco Central do Brasil (Bacen) pode intervir no mercado financeiro caso seja necessário.

Essa atuação pode ser para evitar crises financeiras como também cambiais.

Para saber qual a forma necessária de atuação, e se há necessidade disso, é preciso avaliar cada período.

Essa avaliação é feita com base em várias informações, incluindo as que são fornecidas pelo Sisbacen.

Prevenir crises e proteger contra fraudes

Por fim, uma outra função do Sisbacen é proteger o sistema financeiro contra fraudes

Como todo o sistema financeiro está interligado, com informações essenciais é possível evitar golpes.

Uma vez que toda operação financeira é cadastrada em uma mesma base de dados, todos os agentes podem consultar os dados e escolher sobre liberar ou não crédito para um outro agente com histórico de inadimplência, por exemplo.

Quem pode acessar o Sisbacen?

Qualquer cidadão brasileiro que possua um CPF ou CNPJ cadastrado no Sisbacen pode fazer consultas neste sistema.

As consultas podem ser feitas através de correspondência ou diretamente no site do Sisbacen

No entanto, de acordo com a lei, as empresas precisam de autorização prévia do cliente para poder solicitar suas informações.