A Ser Educacional (SEER3) informou nesta terça-feira (15), através de comunicado ao mercado, que foi celebrado um financiamento junto à International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial, para fortalecer a estratégia de crescimento e a transformação digital da Ser Educacional, no valor total de R$ 200 milhões.

O financiamento conta com um prazo de 7 anos, a serem pagos semestralmente em 11 parcelas a partir de abril de 2023.

O financiamento será feito em Reais e será remunerado a uma taxa de juros média de CDI+2.55% a.a. na primeira tranche de R$165 milhões e a segunda tranche de R$35 milhões.

A segunda tranche que será desembolsada em conjunto e de forma proporcional a primeira tranche, terá sua taxa de juros definida de acordo com as condições de mercado no momento do desembolso.

Os recursos vão assegurar investimentos na atualização das plataformas de ensino a distância dos estudantes e o desenvolvimento de produtos para ajudar as unidades educacionais a enfrentar a crise provocada pela pandemia.

Adicionalmente ao fortalecimento da plataforma digital, o financiamento também apoiará o capital de giro, a integração e a incorporação de novos alunos, adquiridos por meio de aquisições.

De acordo com o presidente do grupo Ser Educacional, Jânyo Diniz, a empresa segue com investimentos. "Nosso plano de expansão segue com avaliações de ativos e investimentos na modalidade digital.”

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

“Em 2020, realizamos algumas aquisições de Edtechs e estamos ampliando nossa presença no ensino a distância. O aporte da IFC tem nos ajudado nessa trajetória", comenta. Esse é o terceiro investimento da IFC na Ser Educacional desde 2010.

O último financiamento ocorreu em 2015 com um investimento de US$ 40 para apoiar a expansão do Grupo por meio da construção de dois novos campi, reforma e modernização dos campi existentes e novas aquisições.

João Aguiar, CFO da Ser Educacional comentou que "a IFC é um parceiro muito importante, que além de acionista de longo prazo, trouxe alternativas diferenciadas de financiamento, com prazo mais longo e formato de pagamento inteligente, que permitiram à Ser Educacional acessar capital de forma mais condizente com o plano estratégico da Companhia".

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa

Resultado da Ser Educacional no Primeiro Trimestre de 2021

O resultado da Ser Educacional (SEER3) no primeiro trimestre de 2021 (1t21), divulgado no dia 14 de maio, apresentou um lucro líquido de R$ 30 milhões no 1T21, apresentando crescimento de 79,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

O Ebitda ajustado da Ser Educacional atingiu R$ 67,9 milhões no 1T21, apresentando retração de -12,6% na comparação com o 1T20.

A Margem Ebitda ajustado da Ser Educacional totalizou 22,1% no 1T21, apresentando retração de -3,1 pontos percentuais na comparação com o 1T20. 

A Margem Líquida da Ser Educacional atingiu 9,8% no 1T21, apresentando crescimento de 4,4 pontos percentuais na comparação com o 1T20.

As ações da Ser Educacional (SEER3) acumula alta de 13,87% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e alta de 9,53% nos últimos 12 meses.