O que é seleção adversa?

Seleção adversa é uma forma de falha de mercado que ocorre quando produtos ou serviços de diferentes qualidades são vendidos a um preço único.

Essa falha de mercado é causada por informações assimétricas, ou seja, quando os agentes econômicos têm informações diferentes.

Com isso, a seleção adversa surge porque compradores e vendedores não estão suficientemente informados para determinar a qualidade real do produto (ou do cliente) no momento da negociação.

Como resultado, muitos produtos de baixa qualidade podem acabar sendo vendidos a um preço elevado, enquanto que aqueles de qualidade superior acabam sendo vendidos com preço abaixo do que realmente deveria valer.

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona a seleção adversa?

A seleção adversa é uma imperfeição no mercado, causado por falta de informações.

A dificuldade de mensurar todas as informações fazem com que produtos ruins sejam vendidos junto com os bons, beneficiando os primeiros e prejudicando os segundos.

A melhor forma de entender a seleção adversa é com estudo de casos.

Primeiramente, vamos entender como a seleção adversa pode afetar a venda de produtos usados, como automóveis.

Em seguida, vamos analisar como a seleção adversa impacta o setor de seguros e planos de saúde.

Seleção adversa no mercado de carros usados

Um dos exemplos mais abordados nos manuais de introdução à microeconomia é dos mercado de carros usados

Suponha que nesse mercado existem dois tipos de bens: carros usados de alta qualidade e os de baixa qualidade.

Imaginemos que os compradores estão dispostos a comprar carros bons por R$20 mil e um ruim por R$15 mil.

Os compradores, que não possuem as informações completas sobre a qualidade dos carros, estimam que nesse mercado metade dos carros são bons e a outra metade é de carros ruins.

Dessa forma o preço que os compradores estão dispostos a oferecer no mercado de carros usados é de R$17,5 mil (média do valor entre carros bons e ruins).

Sabendo disso, os vendedores, que possuem as informações completas sobre seus carros, não venderão carros de alta qualidade por esse preço. 

Ao preço de R$17,50 somente venderão carros ruins.

A consequência é que o mercado será inundado por carros usados de baixa qualidade já que a esse preço é muito vantajoso para os donos de carros ruins venderem seus veículos.

Já aqueles que têm carros bons, evitarão ao máximo vender seus automóveis. 

Logo, a assimetria de informação, ou seja, o desconhecimento dos compradores sobre a real situação dos carros no mercado, causará uma falha no mercado de automóveis usados.

Seleção adversa no mercado de planos de saúde

Você sabe dizer o porquê de pessoas com mais de 65 anos terem dificuldades para adquirir um plano de saúde barato?

De acordo com as estatísticas, os indivíduos mais velhos realmente apresentam riscos de saúde mais elevados.

Entretanto, nem todas as pessoas têm as mesmas características. Inclusive, há pessoas idosas mais saudáveis do que alguns jovens.

Mesmo que os planos de saúde façam exames em seus clientes, dificilmente conseguirão saber a real situação de saúde deles.

Assim sendo, já podemos perceber que há uma assimetria de informação neste mercado.

Consequentemente, surge uma seleção adversa, muito semelhante ao que acontece no mercado de carros usados.

Pelo fato das pessoas com problemas médicos estarem mais propensas a adquirir o plano de saúde, a proporção de indivíduos desse tipo aumenta no grupo de indivíduos segurados.

Esse fato faz com que o preço desse tipo de plano aumente, induzindo as pessoas mais sadias a não adquirir qualquer tipo de plano de saúde.

Isso aumenta ainda mais a proporção de pessoas com problemas de saúde entre os segurados, o que induz a um aumento nos preços.

Esse processo continua até que a maioria dos indivíduos que estejam dispostos a adquirir um plano de saúde estejam de fato doentes. 

Nessa situação, o seguro se torna muito caro, podendo chegar ao ponto das empresas de plano de saúde não oferecerem mais os planos, dada a sua inviabilidade financeira.