Quando analisamos por que algo se tornou tão poderoso, como a riqueza de Warren Buffett,  frequentemente ignoramos os principais fatores de sucesso financeiro.

Buffett atualmente, aos 90 anos, tem um patrimônio líquido de mais de US $ 81 bilhões e é inspiração para todos que buscam independência financeira por meio de investimentos

O site CNBC Make It revela o que a maioria dos especialistas financeiros esquece ao tentar analisar o sucesso do bilionário.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Há décadas atribuem a riqueza de Warren Buffett apenas à sua perspicácia de investimentos no mercado financeiro e esquecem algo importante.

Os analistas ignoram que Buffett tem sido um investidor fenomenal por 75 anos.

Dito isso, se ele tivesse começado a investir aos 30 anos e se aposentado aos 60, será que você acharia o sucesso de Buffett inalcançável?

Então, você está pronto para conhecer alguns dos segredos da riqueza de um dos maiores investidores de todos os tempos?

Leia até o final e descubra pequenas mudanças nas premissas de crescimento que podem levar a números astronômicos.

Cenário hipotético para Warren Buffett

Warren Buffett começou a investir seriamente quando tinha ainda 10 anos.

Aos 30 anos, ele possuía um patrimônio líquido de US$ 1 milhão, ou US$ 9,3 milhões ajustado pela inflação.

Mas e se ele fosse uma pessoa mais “normal”, passando a adolescência e os 20 anos explorando o mundo e encontrando sua paixão...

E se aos 30 anos seu patrimônio líquido fosse, digamos, US$ 25 mil?

E se ainda assim ele ganhasse os extraordinários retornos anuais de investimento que conseguiu gerar, de 22% ao ano?

E se, nesse cenário hipotético, ele parasse de investir e se aposentasse aos 60 anos para jogar golfe e ficar com os netos?

Qual seria uma estimativa aproximada de seu patrimônio líquido hoje?

Não seria o seus US$ 81 bilhões. Mas sim US$ 11,9 milhões.

Representando exatamente uma diminuição de 99,9% da sua riqueza real.

Efetivamente, todo o sucesso financeiro de Warren Buffett pode ser vinculado à base financeira que ele construiu na puberdade e à longevidade que manteve na idade geriátrica.

É assim que juros compostos funcionam.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

O longo prazo de Warren Buffett

Pense de outra maneira: Buffett é o investidor mais rico de todos os tempos.

Mas ele não é realmente o melhor, pelo menos não quando medido pelos retornos anuais médios.

Jim Simons, fundador do fundo de hedge Renaissance Technologies, acumula dinheiro em 66% ao ano desde 1988. 

Ninguém chega perto desse recorde.

Como acabamos de ver, Warren Buffett cresceu cerca de 22% ao ano, um terço desse valor.

O patrimônio líquido de Simons, enquanto escrevo, é de cerca de US$ 23 bilhões. 

Ou seja, ele é 72% menos rico do que Buffett.

Por que a diferença, se Simons é um investidor tão melhor?

Porque Simons não encontrou seu ritmo de investimento até os 50 anos. 

Ele teve menos da metade dos anos para receber juros compostos para fazer aplicações como Buffett.

Se Simons tivesse obtido seu retorno anual de 66% por pelo menos 70 anos, próximos do período em que Warren Buffett construiu sua riqueza, ele valeria US$ 63 quintilhão. 

Sempre considere o potencial de capitalização

Muitas pessoas chegam a falar para consultores financeiros que a primeira vez que viram uma tabela de juros compostos suas vidas mudaram.

Mas não necessariamente.

O que provavelmente fez foi surpreendê-los, porque os resultados não pareciam intuitivamente corretos.

O pensamento linear é muito mais intuitivo do que o pensamento exponencial.

Se eu lhe pedir para calcular 8 + 8 + 8 + 8 + 8 + 8 + 8 + 8 + 8 em sua cabeça, você pode fazer isso em alguns segundos (é 72). 

Já se eu pedir que você calcule 8 x 8 x 8 x 8 x 8 x 8 x 8 x 8 x 8, sua cabeça vai explodir (é 134.217.728). 

O perigo aqui é quando esses ganhos com a composição não são óbvios na hora de fazer o planejamento financeiro.

“Frequentemente ignoramos seu potencial e nos concentramos em soluções de problemas por outros meios”, segundo o especialista em finanças comportamentais Morgan Housel.

De acordo com Housel, raramente as pessoas param para considerar o potencial dos juros compostos.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Bons investimentos não significam maiores retornos 

Existem livros sobre ciclos econômicos, estratégias de alocação e apostas setoriais. 

Mas o livro mais poderoso e importante poderia se chamar “Cale a boca e espere”

É apenas uma página com um gráfico de crescimento econômico de longo prazo.

A conclusão prática é que a falta de intuição da composição pode ser responsável pela maioria das negociações decepcionantes, estratégias ruins e tentativas de investimento mal-sucedidas.

Mas Housel ressalta:

“Você não pode culpar as pessoas por dedicarem todos os seus esforços para tentar obter os maiores retornos de investimento”.

“Parece intuitivamente a melhor maneira de ficar rico”, comenta o especialista.

Mas um bom investimento não significa necessariamente obter os retornos mais altos.

“Os retornos mais altos tendem a ser acertos pontuais que não podem ser repetidos”, aponta Housel.

Trata-se de obter retornos muito bons que você pode manter e que podem ser repetidos por um longo período de tempo.

É neste cenário que a composição corre solta.