O negócio favorito de Warren Buffett é uma pequena fabricante de chocolates com um retorno de 8000%. Aqui estão 5 razões pelas quais ele adora os doces da See's Candies.

O portfólio bilionário da Berkshire Hathaway (BERK34) possui ativos de empresas em dezenas de setores e participações consideráveis ​​em algumas das maiores corporações dos Estados Unidos como:

  • Apple (AAPL34);
  • Bank of America (BOAC34);
  • American Express (AXPB34);
  • Coca-Cola (COCA34);
  • Kraft Heinz (KHCB34);
  • Wells Fargo (WFCO34);
  • e outros nomes conhecidos. 

No entanto, o investimento favorito de Warren Buffett não está em nenhuma lista da Fortune 500. 

Seu "negócio dos sonhos"  é uma pequena fábrica de chocolates que ele comprou há quase 50 anos: a See's Candies.

A empresa representa menos de 0,2% do portfólio da Berkshire Hathaway, mas ele a considera importante não à toa. 

Ele e seu parceiro de investimentos Charlie Munger "obtiveram retornos excepcionais", escreveu em sua carta aos acionistas de 1991.

“Adoraríamos aumentar nosso interesse econômico na See's, mas não encontramos uma maneira de aumentar nossa participação de 100%” , escreveu ele em sua carta de 1994.

O "oráculo de Omaha" conseguiu um retorno de mais de 8000% com a See’s Candies. 

Trata-se de um negócio que contribuiu bastante para a construção do império da sua holding.

A See's Candies foi fundada como um pequeno negócio familiar em 1921. Quando Warren Buffett fechou o acordo para comprar a companhia, por cerca de US$ 25 milhões, em 1972, sua receita anual era de aproximadamente US$ 30 milhões, com cerca de US$ 4,2 milhões de lucro.

Desde então, este negócio gerou mais de US$ 2 bilhões em lucros à Berkshire Hathaway.

Warren Buffett enxergou no investimento:

  • Retornos financeiros descomunais;
  • Modestas necessidades de capital,
  • Equipe de qualidade;
  • Fidelidade dos clientes;
  • E claro, os próprios chocolates. 

O site Business Insider analisou cada aspecto da empresa e traz um resumo completo da fantástica fábrica de chocolates de Warren Buffett.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Retorno de 8.000%

Provavelmente, o maior motivo do caso de amor de Buffett com a See's Candies é o enorme retorno que obteve sobre seu investimento: 8.000% desde 1972.

"Colocamos US$ 25 milhões nisso e nos deu mais de US$ 2 bilhões de renda antes dos impostos, bem mais de US$ 2 bilhões", disse o megainvestidor na reunião anual de acionistas da Berkshire em 2019.

A See's cresceu de uma receita anual de US$ 30 milhões e menos de US$ 5 milhões antes dos impostos quando Buffett a comprou, para mais de US$ 380 milhões em vendas e US$ 80 milhões em lucros, de acordo com os últimos números disponíveis .

Em 2007, Buffett admitiu que “quase estragou a compra da See's,” quando não pagou os US$ 30 milhões que o vendedor estava pedindo.

Buffett manteve a firmeza de que não daria um centavo acima de US$ 25 milhões e, felizmente, o vendedor concordou com a oferta.

Modestas necessidades de capital

Buffett frequentemente elogia a See's por suas modestas necessidades de capital.

Vender chocolates por dinheiro significa que a empresa obtém receita imediatamente, e um curto ciclo de produção e distribuição minimiza o volume de fundos amarrados no estoque, escreveu ele em sua carta de 2007.

A See's exigiu apenas US$ 40 milhões em investimentos da Berkshire Hathaway para gerar mais de US$ 2 bilhões em lucros para o conglomerado. 

Tornou-se uma fonte de renda que fornece fundos para outros empreendimentos de Buffett.

"Assim como Adão e Eva deram início a uma atividade que levou a seis bilhões de humanos, a See's deu origem a vários novos fluxos de dinheiro para nós. (O mandamento bíblico de" ser frutífero e multiplicar "é um que levamos a sério em Berkshire.), "ele escreveu em 2007.

"A See's foi, portanto, capaz de distribuir grandes somas que ajudaram a Berkshire a comprar outras empresas que, por sua vez, produziram grandes lucros distribuíveis. (Envision coelhos criação.)" , escreveu ele em 2014 .

A razão por trás disso é simples. Em sua essência, a See's é uma empresa de commodities. Vende produtos à base de amendoim, açúcar, chocolate e muito mais e pode aumentar seus preços aos poucos a cada ano que passa. 

Embora o custo para comprar os ingredientes usados ​​para fazer o doce suba, ele também tem a capacidade de aumentar continuamente seus preços.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.

Um fosso de fidelidade à marca

Duas das principais vantagens competitivas da See's são sua marca famosa e sua base de clientes leais, que tornam mais fácil cobrar mais e é difícil para os rivais roubarem negócios.

Então, em vez de dimensionar See's na velocidade da luz, Buffett optou por manter a operação pequena e cobrar um prêmio pela qualidade. 

Ele reconheceu que a See's tinha 3 vantagens distintas:

  1. Ele possuía um forte fosso de fidelidade do cliente embutido;
  2. Seu produto era tão bom que os clientes tolerariam aumentos de preços;
  3. Exigia muito pouco capital operacional.

"Cada pessoa na Califórnia tem algo em mente sobre o See's Candies e foi extremamente favorável", disse Buffett a um grupo de estudantes de administração da Universidade da Flórida em 1998 .

"Eles levaram uma caixa no Dia dos Namorados para uma garota e ela o beijou ... See's Candies significa ser beijado", acrescentou. "Se conseguirmos colocar isso na mente das pessoas, podemos aumentar os preços."

A See's também desfrutou de uma "reputação favorável generalizada com os consumidores, com base em inúmeras experiências agradáveis ​​que tiveram tanto com o produto quanto com o pessoal", escreveu Buffett em sua carta de 1983 .

A imagem atraente da marca permite que a empresa baseie seus preços de venda no valor do produto para o cliente, não no custo de produção, acrescentou. 

Pessoas de qualidade

Buffett frequentemente elogia a administração e os funcionários da See's.

"Charlie e eu colocamos Chuck Huggins no comando da See's cerca de cinco minutos depois que compramos a empresa" , escreveu ele em sua carta de 1988. "Ao revisar seu registro, você pode se perguntar por que demoramos tanto."

Huggins, cujo "amor pelo cliente e pela marca permeou a organização", supervisionou um aumento de dez vezes nos lucros durante seus 34 anos na empresa, escreveu Buffett em 2005 .

"As lojas de doces são divertidas de visitar, mas a maioria não tem sido divertida para seus proprietários" , disse ele a investidores em 1987

"Pelo que podemos aprender, praticamente ninguém além da See's obteve lucros significativos nos últimos anos com a operação de lojas de doces. Claramente, o recorde de Chuck na See's não se deve a uma maré crescente do setor. "

Embora Huggins tenha sido evidentemente fundamental para o sucesso da See, sua aposentadoria em 2006 não prejudicou a empresa. 

Seu sucessor, Brad Kinstler, estava "levando a empresa a novos patamares", escreveu Buffett em 2011 .

Buffett também elogiou o atendimento ao cliente da See. 

"Pessoal alegre e prestativo é uma marca registrada da See's, assim como o logotipo na caixa" , escreveu ele em sua carta de 1983 .

Como Escolher Boas Ações? Baixe o Checklist de 5 Critérios para Analisar Ações.

Os chocolates

O apetite de Buffett por chocolates da See's também pode ser um fator em seu apreço pela empresa. 

Os produtos da See são vendidos na reunião anual da Berkshire Hathaway há anos. 

"Charlie e eu consumiremos Coca-Cola suficiente, Fudge See's e Crocante de amendoim See's para satisfazer as necessidades calóricas semanais de um atacante da NFL", Buffett prometeu em sua carta de 2015 , referindo-se ao próximo encontro anual.

Além disso, o Oráculo de Omaha afirmou que comprar a See’s Candies também lhe abriu os olhos para o poder das marcas. Isso foi um fator que contribuiu para a aquisição de ações da Coca-Cola após uma década e meia.

Na reunião anual dos acionistas da Berkshire, em 2014, Buffet disse:

"Nós fizemos muito dinheiro na Coca-Cola, em partes, porque compramos a See’s, porque eu entendia as marcas em determinado nível, mas nada era como ter uma marca, podendo ver as possibilidades e as limitações, me educando sobre as coisas que poderia fazer no futuro. Em 1972 compramos a See’s. Em 1988 compramos a Coca-Cola. Eu não ficaria surpreso se não comprássemos a Coca-Cola, caso não tivéssemos comprado a See’s".

Embora a See’s Candies tenha sido uma aquisição relativamente pequena, é uma das partes mais importantes da história de Buffett.

A história da See's Candies nos lembra que o verdadeiro valor de uma empresa nem sempre pode ser quantificado em um balanço patrimonial  e que, às vezes, consistência e qualidade podem superar o rápido crescimento.

Onde Investir na Queda da Bolsa? Baixe a Lista de 3 Ações para Investir Agora.