A arrecadação federal de R$ 165,333 bilhões registrada em maio representa um crescimento de 0,7% na comparação com abril, de acordo com o ajuste sazonal do Santander Brasil (SANB11).

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O montante ficou em linha com a mediana da pesquisa Projeções Broadcast, de R$ 163,60 bilhões.

Na média móvel trimestral dessazonalizada, a arrecadação federal tem cresceu 2,0% em maio, nas contas do analista.

Mas a medida de núcleo da arrecadação calculada pelo banco - que expurga dos números as receitas extraordinárias - avançou 4,1% na comparação interanual, desacelerando em relação à alta de 7,8% contabilizada em abril.

"Nos próximos meses, continuamos a esperar resultados positivos para a arrecadação federal, mas com desaceleração do crescimento mensal, considerando o impacto da inflação perdendo força durante o segundo trimestre (acreditamos que o pico do IPCA ficou para trás) e números modestos de atividade", escreve o economista do Santander Ítalo Franca, em relatório.

Como Investir no Cenário Econômico Atual? Veja as 3 Ações com Maior Potencial de Valorização no Brasil.

O Santander estima crescimento real - descontada a inflação - de 2,0% da arrecadação federal em 2022 ante 2021, já levando em conta uma renúncia de R$ 65,0 bilhões com as desonerações concedidas pelo governo federal.

A redução de PIS, Cofins e Cide sobre a gasolina e o etanol pode implicar em uma perda adicional de R$ 40 bilhões, que, na prática, zeraria o ganho previsto para as receitas.

Resultado do Santander no Primeiro Trimestre de 2022

resultado do Santander (SANB11) no primeiro trimestre de 2022 (1t22), divulgado no dia 26 de abril, registrou um lucro líquido gerencial de R$ 4,0 bilhões no 1T22, apresentando alta de 1,3% na comparação com o mesmo período de 2021.

A margem financeira bruta do Santander Brasil totalizou R$ 13,9 bilhões no 1T22, apresentando crescimento de 3,8% na comparação com o 1T21.

Índice de Basiléia do Santander Brasil em março de 2022, totalizou 14,7%, apresentando baixa de -0,2 ponto percentual na comparação com dezembro de 2021.

As ações do Santander (SANB11) acumulam alta de 2,37% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 23,14% nos últimos 12 meses.

Fonte: Estadão Conteúdo.