O que é Restricted Stock Units (RSU)?

Restricted Stock Units (RSU) é uma forma de remuneração baseada em ações usada para recompensar os funcionários de uma companhia. 

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Essa concessão é restrita porque está sujeita a um cronograma de aquisição, e também porque é regida por outros limites de transferências ou vendas que a empresa pode impor.

A concessão das ações tem regras que valem para cada caso, sendo baseadas no tempo de trabalho ou em metas de desempenho

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona o Restricted Stock Units (RSU)?

As RSUs são emitidas por meio de cláusulas de vesting.

As cláusulas vesting e cliff fazem parte de um arranjo contratual voltado para regulamentar a prática de aquisição de partes da empresa por alguns funcionários.

A cláusula cliff é o período mínimo estipulado em contrato, em que um funcionário deverá permanecer na empresa para que passe a ter direito às suas primeiras parcelas de participação do negócio.

Já a cláusula vesting regulamenta a forma com que poderá ser feita a aquisição de certo percentual da empresa ao longo do tempo.

A concessão do direito de aquisição pode ser condicionada ao cumprimento de metas ou de tempo de serviço, ou mesmo ambos.

Normalmente, ambas as cláusulas funcionam em conjunto como regulamentação contratual.

Outra característica das RSUs é que as ações recebidas são restritas para serem negociadas no mercado financeiro, ao menos no início.

Ou seja, embora os funcionários tenham as ações em suas carteiras, nada pode ser feito com elas no curto prazo.

Por isso, o nome Restricted Stock Units, que, em português, significa Unidades de Ações Restritas

Essas ações somente poderão ser vendidas no mercado quando o período de vesting for completado. Neste momento as ações deixarão de ser restritas e passarão a ser ações comuns.

Vale lembrar que, enquanto as ações permanecem restritas para negociação no mercado, os preços podem flutuar normalmente, igual ao que é praticado no mercado.

Vantagens do Restricted Stock Units (RSU)

O RSU pode ser entendido como importante mecanismo para incentivar uma maior dedicação por parte dos funcionários de uma empresa. 

Geralmente, esta é uma modalidade contratual proposta a um funcionário chave, ou seja, aquele que detém conhecimento em uma área muito específica e estratégica para o negócio..

Uma vez instituídas, as cláusulas de vesting dão condições para que o funcionário tenha participação futura na empresa.

Com isso em mente, é de se esperar que o funcionário se dedique mais, visto que o sucesso da companhia também será o seu próprio sucesso.

Além disso, a sensação de fazer parte de uma organização muitas vezes é mais satisfatória do que a remuneração monetária.

Em alguns casos, o uso das RSUs nos contratos de trabalho podem ser um diferencial na hora da negociação dos salários.

As RSUs também podem ser muito úteis para o caso das startups.

Muitas vezes, uma startup inicia seu projeto com recursos financeiros limitados, o que dificulta a contratação de funcionários qualificados para determinadas áreas.

Desta forma, o uso de RSUs permite à empresa oferecer um salário inferior ao de mercado.

Entretanto, o funcionário futuramente terá a expectativa de adquirir a ações ou quotas da empresa de forma gradual, ainda que a participação seja minoritária, como forma de contraprestação. 

Isso, desde que apresente determinado resultado dentro de um certo prazo, estipulado pela cláusula cliff.

Assim, o funcionário poderá ter motivação elevada, visto que, nestes casos, o diferencial do trabalho não será a remuneração, a qual será baixa, mas sim a possibilidade de ter participação no negócio.

Além disso, as RSUs podem ser interessantes para os funcionários pois é uma alternativa de investimento em relação à compra direta de ações no mercado de capitais.

Em vez de comprar ações de diferentes empresas, a pessoa irá adquirir ações referentes à empresa que trabalha e, assim, contribuir de forma mais efetiva para o sucesso do negócio e de sua própria carteira de investimentos.