Robert Shiller é um pesquisador e professor que se destaca por suas contribuições relacionadas às inconstâncias do mercado financeiro e expectativas irracionais dos investidores.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Ele, junto com outros dois economistas, Daniel Kahneman e Richard Thaler, são figuras importantes para a economia comportamental, em particular das finanças comportamentais

Por décadas, eles enfatizaram a importância de ter uma visão mais ampla e incorporar outras disciplinas acadêmicas à economia.

As contribuições de Shiller, em específico, vão desde pesquisas sobre volatilidade de preços de ativos até previsão e análise de bolhas financeiras

Em março de 2000, Robert J. Shiller publicou seu best-seller “Irrational Exuberance. O timing foi perfeito: o estouro da bolha pontocom, exatamente como havia previsto em seu livro. 

Ele não só acertou uma, mas como duas vezes ao alertar sobre o colapso do mercado imobiliário americano em um artigo com seu colega Karl Case, no qual enfatizavam o papel das expectativas dos compradores e do pânico nos fenômenos do mercado.

Shiller foi premiado com o Prêmio Nobel de Economia de 2013, em conjunto com Eugene F. Fama e Lars Peter Hansen.

Robert Shiller, em particular, foi homenageado pelo trabalho em que mostrou que:

"As variações nos preços de ações e títulos em longos períodos ocorrem em padrões previsíveis que refletem as expectativas irracionais dos investidores quanto ao valor dos retornos futuros".

Conheça mais da trajetória do pesquisador e professor de grande influência da economia comportamental, Robert J. Shiller.

Quem é Robert Shiller

Robert J. Shiller é um economista, professor e autor americano. Desde 2019, ele atua como Sterling Professor of Economics na Yale University e é membro do Centro Internacional de Finanças da Yale School of Management.

Ele também é cofundador e economista-chefe da empresa de gestão de investimentos MacroMarkets LLC.

Vida e carreira

Robert James Shiller nasceu em 29 de março de 1946, em Detroit, Michigan, Estados Unidos, filho de Ruth R. e Benjamin Peter Shiller, um engenheiro-empresário.

Shiller frequentou o Kalamazoo College por dois anos antes de se transferir para a Universidade de Michigan, onde recebeu um diploma de bacharel em economia em 1967.

Posteriormente, pelo pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) fez seu mestrado (1968) e doutorado (1972) em economia, com a tese intitulada: "Expectativas racionais e a estrutura das taxas de juros".

A partir de 1979, atuou como pesquisador associado do National Bureau of Economic Research, uma organização privada sem fins lucrativos que determina as datas oficiais de início e fim das recessões e expansões econômicas nos Estados Unidos.

Como professor, lecionou  na Universidade de Minnesota, na Universidade da Pensilvânia e no MIT antes de ingressar, em 1982, na faculdade de economia da Universidade de Yale.

A partir da década de 1980, Shiller foi um dos pioneiros no campo da economia comportamental, que aplica ideias da psicologia para o estudo do comportamento econômico. 

À supervalorização do mercado causada pelo comportamento irracional dos investidores, ele chamou de “exuberância irracional”, que contradiz a teoria de que os mercados são inerentemente racionais.

Essa descoberta o levou a argumentar que os mercados financeiros estão sujeitos a “bolhas” ou rápidos aumentos nos preços dos ativos para níveis insustentáveis. 

Com base nisso, ele previu corretamente o “estouro” das bolhas nas ações das ponto.com em 2000 e no setor imobiliário a partir de 2006

Robert J. Shiller foi vice-presidente da American Economic Association em 2005  e presidente da Eastern Economic Association em 2006 a 2007.

Ele é casado com a psicóloga Virginia Marie, com quem tem dois filhos.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Contribuições de Robert J. Shiller 

O trabalho de Robert Shiller revolucionou a forma como os economistas analisam e prevêem o comportamento do mercado, demonstrando como o mercado nem sempre segue um modelo racional e eficiente, mas reflete a natureza irracional dos investidores.

Em seu artigo de 1981, Shiller encontrou uma anomalia no modelo de hipótese de mercado eficiente (EMH), conforme artigo da UBS.

Ele observou que havia uma volatilidade excessiva nos preços das ações que não podia ser explicada apenas por novas informações/mudanças nos dividendos reais.

“Como os erros de julgamento humano podem infectar até as pessoas mais inteligentes, graças ao excesso de confiança, falta de atenção aos detalhes e confiança excessiva nos julgamentos dos outros, decorrente de uma falha em entender que os outros não estão fazendo julgamentos independentes, mas estão seguindo ainda outros - o cego guiando o cego.

A conclusão de Shiller afirma que os preços das ações eram muito mais erráticos do que os retornos do mercado, portanto, o mercado estava se comportando de forma ineficiente. 

Esses resultados levaram Shiller a pedir uma compreensão mais profunda da psicologia, crenças e expectativas do investidor. 

Ele fornece uma explicação simples de seu trabalho com Eugene Fama e Lars Hansen em uma entrevista do Prêmio Nobel de 2013, onde foi solicitado a explicar seu trabalho para um público de 13 anos:

“Trabalhamos para entender o que impulsiona esses mercados e por que eles se movem ao longo do tempo, e quais padrões você pode esperar que eles mostrem? Olhando para isso da minha perspectiva, eu sempre fui, entre nós três, aquele que era mais cético quanto à racionalidade do comportamento humano. Basicamente, esses mercados podem enlouquecer às vezes e essa foi a minha visão e influenciou o tipo de trabalho que fiz. Não sei se provei que os mercados enlouquecem, mas acho que as evidências que mostrei apontam realmente nessa direção.” 

Livros de Robert J. Shiller

Robert Shiller escreveu livros aclamados sobre tópicos econômicos que variam de finanças comportamentais a gerenciamento de riscos.

Seu livro Macro Markets ganhou o primeiro prêmio anual do TIAA-CREF Paul A.Samuelson, mas foi Exuberância Irracional (2000) que se tornou um best-seller do New York Times.

Nele, Shiller alertou que o mercado de ações havia se tornado uma bolha que poderia levar a um declínio acentuado, o que de fato ocorreu.

Veja algumas de suas obras:

Narrative Economics: How Stories Go Viral and Drive Major Economic Events 

No livro "Economia narrativa: como as histórias se tornam virais e impulsionam os principais eventos econômicos", em tradução livre, sem versão em português, Shiller argumenta que estudar o que "economia narrativa" pode melhorar muito nossa capacidade de prever, preparar e diminuir os danos de crises financeiras e outros grandes eventos econômicos.

Irrational Exuberance

Na edição revisada, atualizada e ampliada de seu best-seller do New York Times, Exuberância Irracional, Shiller abrange como a volatilidade psicologicamente motivada é uma característica inerente a todos os mercados de ativos.

A Nova Ordem Financeira: o Risco no Século XXI

Robert Shiller parte da análise do risco real de grandes declínios da condição econômica de muitos indivíduos, analisa o modo como o uso do progresso tecnológico permite alterar a gestão do risco no futuro e apresenta seis propostas para uma nova ordem financeira com uma série de dispositivos para a sua respetiva implementação.

Finanças Para Uma Boa Sociedade

No livro, Shiller expõe argumentos poderosos para demonstrar que as finanças são uma das ferramentas mais poderosas de que a sociedade dispõe para resolver os problemas comuns e para aumentar o bem-estar social de um modo geral.

À Pesca de Tolos: a Economia da Manipulação e do Logro

Escrito por George A. Akerlof e Robert J. Shiller, o livro busca ajudar as pessoas a moverem-se melhor num regime econômico que está repleto de iscas das quais é importante tomar consciência.

Espírito Animal De que forma a psicologia humana lidera a Economia e qual a sua importância para o Capitalismo global

Os economistas George Akerlof e Robert Shiller propõem uma visão nova e arrojada para encarar a economia. 

Abordam de que forma os líderes podem canalizar o espírito animal, as forças poderosas da psicologia humana que estão em marcha no mundo econômico atual.

Macro Markets: Creating Institutions for Managing Society's Largest Economic Risk

"Macromercados: criando instituições para administrar o maior risco econômico da sociedade", apresenta um conjunto único e autoritário de propostas detalhadas para o estabelecimento de novos mercados para a gestão dos maiores riscos econômicos enfrentados pela sociedade.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.