O que é Road Show?

Road Show é uma série de apresentações feitas por uma empresa a investidores potenciais antes de realizar uma oferta pública inicial (IPO). 

Nas apresentações do road show, os gestores da empresa mostram os fundamentos do negócio e os motivos da realização do IPO.

O objetivo do road show é despertar o interesse de investidores no negócio. 

Aqui se mostram os pontos positivos da empresa, seus vetores de crescimento e como a abertura de capital potencializará os ganhos futuros. 

Ficou na Dúvida Sobre Investimentos? Baixe Grátis o Dicionário do Investidor.

Como funciona o road show?

O road show representa uma das primeiras etapas de um IPO.

Quando uma empresa decide abrir seu capital na bolsa de valores, ela deve, antes de tudo, apresentar o seu negócio ao público.

Normalmente, a maioria dos road shows inclui apresentações nas principais capitais do país, além de conferências na internet.

Ao viajar para diferentes cidades, os subscritores apresentam o IPO a investidores institucionais, analistas e gestores de fundos para torná-los interessados ​​no título. 

O road show também oferece uma oportunidade para os subscritores apresentarem a administração da empresa e para os investidores ouvirem a visão e os objetivos da administração.

Os eventos de road show podem atrair centenas de investidores em potencial interessados ​​em aprender mais sobre a oferta em um ambiente presencial e/ou online. 

Os eventos podem incluir apresentações multimídia e sessões de perguntas e respostas. 

Além de grandes apresentações, muitas empresas podem optar por realizar reuniões menores e privadas.

Essas reuniões também podem ser transmitidas ao vivo para tornar o processo mais transparente possível. 

Qual a importância do road show?

Um road show bem sucedido costuma ser fundamental para o sucesso do IPO. O objetivo é gerar entusiasmo sobre a empresa e seu IPO. 

A grande vantagem de criar um road show é a proximidade do público-alvo.

Isso torna a possibilidade de negócios entre uma empresa e seus potenciais investidores interessados muito maior.

Além disso, é uma excelente oportunidade de fortalecimento da marca através de iniciativas relevantes e confiáveis dentro do segmento de atuação. 

O que é apresentado em um road show?

Vários são os tópicos abordados durante um road show, indo desde a história da empresa, passando por suas condições atuais e os planos futuros.

Dentro desse contexto, podemos elencar os principais pontos abordados no road show:

  • Uma apresentação institucional;
  • Apresentação da gestão executiva;
  • Proposta de valor da empresa;
  • Lucro e desempenho financeiro dos últimos períodos;
  • Crescimento de vendas anteriores e suas previsões futuras;
  • Oportunidades de investimento e vetores de crescimento;
  • Meta de preço de ações IPO.

Terminado a etapa de road show, é feito o prospecto final e distribuído a investidores potenciais. 

Em seguida, um preço inicial para a oferta é definido com base nas informações coletadas durante o processo de bookbuilding, e a data do IPO é solidificada.

Como funciona o IPO?

O IPO nada mais é do que o processo de colocar ações de uma empresa para serem negociadas na bolsa de valores, transformando-a em uma Sociedade Anônima (S/A).

O processo de IPO é longo, podendo demorar mais de um ano. 

Antes das ações serem negociadas, a empresa deve manifestar sua intenção de emitir ações para serem negociadas no mercado.

Assim, o processo começa com a montagem do prospecto de oferta.

O prospecto de oferta é um documento voltado para o público investidor, no qual são detalhadas as informações sobre a empresa.

Essas informações devem conter o histórico da contabilidade dos últimos 3 anos, além de dados da própria operação e da projeção do negócio.

Após isso, há outros ritos burocráticos que serão executados pela própria empresa para a aprovação do IPO.

Sendo aprovado a abertura da empresa na bolsa pelos órgãos competentes, começa o período chamado de reserva de ações.

O período de reservas de ações permite os investidores comprarem as ações da empresa antes de serem vendidas na bolsa.

Essa reserva de ações é feita pelo Home Broker da corretora, devendo o investidor solicitar a quantidade de ações e o preço que deseja pagar (desde que esteja de acordo com a banda de preços pré-estipulada).

Aqui apresentamos apenas o básico, mas caso queira saber mais sobre o tema temos um artigo completo explicando como funciona todo o processo do IPO.