A Riachuelo anuncia o lançamento da Fanlab, marca voltada para o público "geek", segmento relacionado a produtos da cultura pop, como filmes, séries e jogos.

A nova frente de negócio contará com uma operação independente, tanto no ambiente físico como no digital, com um e-commerce dedicado.

As primeiras lojas serão inauguradas ainda no primeiro semestre desse ano, no Shopping Anália Franco, com abertura prevista para o dia 25 de maio, e no Morumbi Shopping, ambas em São Paulo.

A empresa não divulgou o valor de investimentos voltado para o segmento. Atualmente, Riachuelo é a maior detentora de licenças do mercado, segundo comunicado ao mercado divulgado pela companhia.

O portfólio de produtos inclui roupas, itens colecionáveis e de decoração, assim como objetos do mundo pet.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

"Trata-se de um mercado potencial que a companhia já estuda há anos e conhece o engajamento de seu público-alvo", diz a empresa.

"O lançamento está alinhado ao posicionamento da Riachuelo de entender os desejos e as necessidades dos clientes (...) e reforça a estratégia na evolução de seu ecossistema de soluções de moda, lifestyle e serviços financeiros", complementa.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Resultado da Guararapes no Quarto Trimestre de 2021

O resultado da Guararapes (GUAR3) no quarto trimestre de 2021 (4t21), divulgado no dia 09 de março, apresentou um lucro de R$ 304,6 milhões, baixa de -17,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Ebitda ajustado da Guararapes atingiu R$ 512,4 milhões no 4T21, apresentando baixa de -14,3% na comparação com o 4T20. 

margem Ebitda ajustada da Guararapes totalizou 20,6% no 4T21, apresentando retração de -6,4 pontos percentuais na comparação com o 4T20.  

margem líquida da Guararapes atingiu 12,2% no 4T21, apresentando retração de -4,4 pontos percentuais na comparação com o 4T20. 

As ações da Guararapes (GUAR3) acumulam queda de 7,44% na bolsa de valores nos últimos 7 dias e queda de 41,95% nos últimos 12 meses.