O bilionário Elon Musk disse na terça-feira (20) que uma recessão econômica é "inevitável" e provavelmente ocorreria mais cedo ou mais tarde.

O CEO da Tesla fez seus comentários no Fórum Econômico do Qatar, onde foi questionado sobre seu "super mau pressentimento" sobre a economia e o que ele achava das alegações feitas por autoridades do governo Biden minimizando riscos de uma crise nos EUA.

"Bem, acho que uma recessão é inevitável em algum momento", respondeu Musk. "Quanto a uma recessão no curto prazo, acho que é mais provável que não."

Quer Melhorar o Resultados dos Seus Investimentos? Fale um Consultor Gratuitamente.

A avaliação de Musk sobre a economia dos EUA ocorre quando Wall Street prevê maiores chances de uma recessão, com o Goldman Sachs dizendo na terça-feira que os EUA têm 30% de chance de atingir essa queda no próximo ano, acima da previsão anterior de 15%.

A empresa destacou uma probabilidade cumulativa de 48% de que uma recessão nos EUA aconteça nos próximos dois anos.

Enquanto isso, o estrategista-chefe de ações do Morgan Stanley nos EUA, Mike Wilson, disse que os economistas da empresa colocam a chance de uma recessão no próximo ano em 35%, acima dos 20%.

"Neste ponto, uma recessão não é mais apenas um risco de cauda, ​​dada a situação do Fed com a inflação", disse Wilson em nota na terça-feira.

O Deutsche Bank também disse no mesmo dia que agora prevê uma recessão mais cedo do que esperava anteriormente.

Musk já falou antes sobre como os EUA estão se aproximando rapidamente de uma recessão. Em dezembro, ele disse que sua "intuição" era que provavelmente aconteceria na primavera ou no verão de 2022, mas o mais tardar em 2023.

"Já passei por algumas [recessões]", disse ele em uma conferência de tecnologia em maio

"E o que tende a acontecer é que se você tem um boom que dura muito tempo, você obtém uma má alocação de capital. Começa a chover dinheiro em tolos, basicamente", acrescentou Musk.

Por isso, é importante se preparar para uma crise econômica mundial.

Quer Melhorar o Resultados dos Seus Investimentos? Fale um Consultor Gratuitamente.

Enquanto isso, o presidente Joe Biden enfatizou em uma entrevista à Associated Press na semana passada que uma recessão ainda é evitável e exortou os americanos a permanecerem confiantes.

"Primeiro de tudo, não é inevitável", disse ele à AP. "Em segundo lugar, estamos em uma posição mais forte do que qualquer nação do mundo para superar essa inflação."

O governo mantém sua mensagem de que os avisos de uma recessão subestimam a “resiliência” da economia dos EUA.

Para a secretária do Tesouro Janet Yellen, é "esperado que a economia desacelere", mas ela "não acha que a recessão seja inevitável”.

Quer Melhorar o Resultados dos Seus Investimentos? Fale um Consultor Gratuitamente.