Embora aprender a investir possa parecer uma tarefa assustadora, qualquer pessoa pode ter sucesso seguindo a fórmula de três etapas de Ray Dalio.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Colocar seu dinheiro para trabalhar é um passo fundamental para conquistar a independência financeira. E não precisa ser difícil ou assustador. 

Em entrevista para a CNBC em 2019, o renomado investidor e fundador do maior fundo de hedge do mundo, compartilhou 3 passos para qualquer pessoa começar a investir.

Atualmente Ray Dalio vale cerca de US$ 22 bilhões de acordo com a Forbes, mas fundou a Bridgewater Associates em seu apartamento de dois quartos em Nova York em 1975.

Desde sua fundação até 2017, a Bridgewater retornou o maior lucro líquido acumulado para um fundo de hedge de todos os tempos, segundo dados da LCH Investments.

Veja agora a fórmula para investir com sucesso de Ray Dalio:

1. Decida quanto você pode economizar

Economizar é igual a liberdade e segurança”, diz Dalio à CNBC Make It. “De quanta liberdade e segurança você precisa?”

“Pergunte a si mesmo: 'Quanto tempo posso sobreviver com minhas economias sem ter nenhuma renda? De quantos meses ou quantos anos de liberdade e segurança eu preciso?′ e certifique-se de que você tem mais do que isso”, aconselha.

“Quando comecei a trabalhar, trabalhei para conseguir seis meses de economia e segurança, depois alguns anos, depois comecei a pensar nas necessidades dos meus filhos ao longo do tempo e calculei esse número”, explica Dalio. 

“Eu economizei para conseguir essas quantias de dinheiro. Eu recomendo que você faça o mesmo.”

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

2. Crie um portfólio diversificado

O próximo passo é decidir o que fazer com esse dinheiro.

Manter todo o seu dinheiro em uma conta poupança não é uma decisão inteligente, ressalta Dalio, por causa do baixo rendimento e dos efeitos devastadores da inflação nos investimentos

Para evitar que suas economias percam o valor, a melhor opção é investir seu dinheiro em um portfólio diversificado de ativos que aumentam de valor mais rapidamente que a inflação. 

“Saiba como diversificar em ativos não monetários, como ações, títulos e imóveis”, diz Dalio.

Uma carteira típica pode ser dividida entre 50% de títulos e 50% de ações, mas Dalio argumenta que isso não é realmente diversificado.

“Quando você olha para a maioria dos portfólios, eles têm um viés muito forte de se sair bem em tempos bons e ruins em tempos ruins”, diz Dalio.

Para evitar que sua carteira simplesmente suba e desça com o mercado, seu conselho é espalhar e equilibrar os riscos de cada investimento.

Dalio sugere a criação de um portfólio para "todos os climas", estratégia All Weather criada pela Bridgewater em 1996.

Nela você deve se perguntar: "Que tipo de portfólio você teria para obter bons resultados independente do cenário econômico?”

A resposta é "um portfólio global e diversificado, desenhado para ser indiferente às mudanças nas condições econômicas e de mercado”.

percentual de alocação estratégica Bridgewater
Gráfico: percentual de alocação estratégica. Fonte: Bridgewater Associates LP.

Segundo ele, saber equilibrar os investimentos reduzirá o risco e fornecerá um retorno melhor do que tentar negociar agressivamente em movimentos de curto prazo.

"O mais importante é estar em um portfólio seguro e bem equilibrado, você pode reduzir seu risco sem reduzir seu retorno".

Essa combinação deve funcionar bem em qualquer condição, quer a economia esteja crescendo ou encolhendo, quer a inflação esteja subindo ou caindo, explica ele.

3. Conheça os ciclos de longo prazo do mercado

Para os investidores que planejam ser mais ativos em seus investimentos do que apenas comprar e manter um portfólio diversificado, é fundamental entender os padrões históricos da economia e do mercado de ações.

“Se você se desviar dessa mistura equilibrada – o que eu não recomendo fazer porque market timing é um jogo difícil para um não profissional e para profissionais jogarem bem – saiba como jogar os ciclos”, diz Dalio à CNBC Make It.

“Saiba como comprar quando todo mundo quer vender, e como você vende quando todo mundo quer comprar.”

Por exemplo, após a crise financeira de 2008, os mercados dos EUA acabaram se recuperando da recessão e entraram no mercado em alta mais antiga da história financeira moderna, superando o mercado em alta após a Segunda Guerra Mundial. 

Nos 10 anos que se seguiram ao colapso do Lehman Brothers, o S&P 500 aumentou 130%.

Consumidores cautelosos, cautelosos em arriscar seu dinheiro para comprar ações após o crash, perderam a chance de obter grandes retornos.

Ao entender os padrões históricos, os investidores podem evitar perder essas oportunidades, explica Dalio.

“O maior erro que a maioria das pessoas comete é julgar o que vai ser bom pelo que tem sido bom ultimamente”, diz Dalio. 

“Então, se um mercado subiu muito, eles acham que é um bom mercado, e não mais caro. E quando cai muito nos últimos anos, eles pensam: ‘Esse é um mercado ruim, e eu não quero nada disso’”.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

Ray Dalio sempre analisa a história para se preparar para o que está por vir.

É sobre isso seu novo livro: "Princípios Para a Ordem Mundial Em Transformação: Por que As Nações Prosperam e Fracassam", lançado no final de 2021.

Segundo ele, o colapso financeiro já iniciou. Isso não é uma coisa inteiramente ruim, afinal, nesses tempos, quem está preparado, pode se beneficiar.

Para saber o que fazer, responda essa pesquisa rápida e, baseado nas suas respostas, você receberá minha orientação profissional.

Leva menos de um minuto! Você não tem nada a perder, basta entrar neste link para a pesquisa.

Informe o DDD + 9 dígitos