Ranking de FIIs Mais Negociados em 2021
| ,

Ranking de FIIs Mais Negociados em 2021

Conheça o top 10 fundos imobiliários com maior volume médio negociado por dia na bolsa de valores em 2021.

Por
Atualizado em 23/09/2021

A compra e venda de cotas de fundos de investimento imobiliário (FIIs) se tornou mais frequente na pandemia, quando foi batida a marca de 1 milhão de investidores de FIIs

Desde dezembro de 2019 chegaram à bolsa de valores brasileira (B3) 817 mil novos cotistas de fundos imobiliários.

Atualmente, 1,46 milhão de investidores movimentam o mercado de FIIs do país em busca dos melhores investimentos em imóveis para receber uma renda passiva através dos dividendos desses fundos.

De acordo com o boletim mensal da B3 sobre FIIs, os 368 FIIs listados na bolsa movimentam R$ 280 milhões em volume médio diário de negociações.

Essa movimentação de dinheiro em cotas de fundos imobiliários já resultam na média de 260 mil negociações por dia no ano de 2021.

Se você já possui FIIs na sua carteira de investimento ou está estudando os ativos antes de investir, é importante conhecer os fundos imobiliários que mais movimentam o mercado financeiro

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Então, você está pronto para conhecer o ranking de 10 FIIs mais negociados em 2021?

Leia até o final para descobrir a rentabilidade e o dividend yield (DY) dos FIIs com maior volume de negócios.

Ranking de FIIs Mais Negociados em 2021

Veja o ranking dos 10 fundos imobiliários mais negociados na bolsa de valores em 2021, de acordo com o volume médio diário de negociações (ADTV).

#FIINomeADTV (R$)
1KNIP11Kinea Índice de Preço10,73 mi
2IRDM11Iridium Recebíveis Imobiliários8,96 mi
3HCTR11Hectare CE8,68 mi
4HGLG11CSHG Logística8,31 mi
5MXRF11Maxi Renda7,85 mi
6CPTS11Capitania Securities II7,38 mi
7XPLG11XP Log7,12 mi
8BTLG11BTG Pactual Logística6,24 mi
9HGRU11CSHG Renda Urbana6,15 mi
10VILG11Vinci Logística5,29 mi

Fonte: B3

Banner will be placed here

FIIs com Maior Volume de Negócios

Conheça mais sobre os fundos de investimento imobiliários que concentram os maiores volumes de negociações de cotas de FIIs na bolsa de valores brasileira.

KNIP11

Volume médio diário: R$ 10,73 milhões

Dividend yield: 13,6%

Tipo de FII: Papel (CRIs)

Atualmente o FII mais negociado na bolsa de valores é o Kinea Índice de Preços (KNIP11), seu volume médio diário de negociação foi de R$ 10,738 milhões nos últimos 12 meses. 

Iniciado em setembro de 2016, o fundo é administrado pela Intrag DTVM Ltda. e gerido pela Kinea Investimentos Ltda, braço de investimentos do Itaú Unibanco

Seu objetivo é gerar ganhos investindo em ativos financeiros lastreados em imóveis, já que o KNIP11 é um fundo de papel que investe em títulos de dívidas imobiliárias.

O foco do fundo são Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) e Letras de Crédito Imobiliário (LCIs)

Seu patrimônio inicial era de R$ 400 milhões. Atualmente, o patrimônio líquido do fundo já supera os R$ 5,86 bilhões. 

A renda distribuída mensalmente pelo fundo Kinea Índice de Preços está representada através do dividend yield de 13,6% nos últimos 12 meses.

Já a cotação do FII KNIP11, considerando o valor de R$ 104,41 no fechamento da B3 nesta quinta-feira (23), teve valorização de +6,38% nos últimos 12 meses.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

IRDM11

Volume médio diário: R$ 8,96 milhões

Dividend yield: 12,4%

Tipo de FII: Papel (CRIs)

O segundo FII mais negociado no mercado é o fundo Iridium Recebíveis Imobiliários (IRDM11), tendo um volume médio diário de R$ 8,962 milhões no último ano. 

Criado em fevereiro de 2018, o FII é administrado pela BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM, com sede no Rio de Janeiro. 

Destinado a todo tipo de investidores, o IRDM11 é focado em aplicar essencialmente em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI).

No entanto, admite ainda investimentos em cotas de outros fundos, Letra Hipotecária (LH), LCIs, Letra Imobiliária Garantida (LIG) e outros ativos financeiros.

Dessa forma, o IRDM11 é um fundo do tipo papel, onde os recursos captados serão destinados a aquisição de ativos que representam dívidas imobiliárias.

A estratégia de gestão do IRDM11 busca a rentabilidade equivalente ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Atualmente, o patrimônio líquido do IRDM11 já supera os R$ 2,74 bilhões. 

A renda distribuída mensalmente pelo fundo está representada através do dividend yield de 12,4% nos últimos 12 meses.

Já a cotação do FII IRDM11, considerando o valor de R$ 110,21 nesta quinta-feira (23), teve valorização de +24,72% nos últimos 12 meses.

HCTR11

Volume médio diário: R$ 8,68 milhões

Dividend yield: 18,6%

Tipo de FII: Papel (CRIs)

O terceiro FII mais negociado na B3 nos últimos 12 meses é o Fundo Hectare CE (HCTR11), com um volume médio diário de R$ 8,689 milhões. 

Iniciado em setembro de 2018, o FII é administrado pela Vórtx DTVM e gerido pela Hectare Capital Gestora de Recursos.

Trata-se de mais um fundo do tipo papel, onde os recursos são destinados prioritariamente aos CRIs, em especial os lastreados em multipropriedades e loteamentos. 

Seu IPO aconteceu ao final de 2018, com a emissão de 20 mil cotas destinadas apenas a investidores profissionais.

Somente em setembro de 2019, houve um desdobramento na razão de 1 para 10 e a abertura de ofertas direcionadas a investidores em geral

Atualmente, o patrimônio líquido do fundo já supera os R$ 1,74 bilhão. 

Além disso, a renda distribuída nos últimos 12 meses pelo Hectare CE representa o maior dividend yield do mercado de FIIs, com um DY de 18,6%.

Já a cotação do FII HCTR11, considerando o valor de R$ 119,20 na quinta-feira, teve valorização de +39,80% nos últimos 12 meses.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

HGLG11

Volume médio diário: R$ 8,31 milhões

Dividend yield: 9,8%

Tipo de FII: Tijolo (Galpões Logísticos)

Na quarta colocação do ranking de FII mais negociados está o Fundo Imobiliário CSHG Logística (HGLG11), com volume médio diário de R$ 8,313 milhões nos últimos 12 meses. 

Constituído em março de 2010, o fundo é administrado pela Credit Suisse Hedging Griffo Corretora de Valores S.A., localizada em São Paulo. 

Seu objetivo é a exploração de empreendimentos imobiliários no setor industrial e de operação logística, por isso o HGLG11 é um fundo do tipo tijolo.

Nessa classe de FIIs, os ativos são compostos principalmente pela aquisição de imóveis físicos, que gerarão lucros através da valorização do imóvel e de aluguéis

O HGLG11 também admite investimentos em recebíveis de acordo com seus objetivos, como CRIs e LCIs, ou mesmo cotas de outros fundos imobiliários. 

Atualmente, o patrimônio líquido do fundo já supera os R$ 3,14 bilhões. 

A renda distribuída mensalmente pelo fundo está representada através do dividend yield de 9,8% nos últimos 12 meses.

Já a cotação do FII HGLG11, considerando o valor de R$ 162,25 no fechamento de quinta-feira, teve valorização de +5,35% nos últimos 12 meses.

MXRF11

Volume médio diário: R$ 7,85 milhões

Dividend yield: 9,4%

Tipo de FII: Híbrido

Em quinto lugar de FIIs mais negociados está o Fundo Imobiliário Maxi Renda (MXRF11), que apresenta um volume médio diário de R$ 7,852 milhões nos últimos 12 meses.

Iniciado em 13 de abril de 2012, o MXRF11 é um fundo híbrido administrado pela BTG Pactual e gerido pela XP Vista Asset Management Ltda, de São Paulo.

Seu objetivo é gerar ganhos investindo em ativos financeiros lastreados em imóveis e seu portfólio é misto.

A carteira do MXRF11 é composta por papéis de dívidas, cotas de outros FIIs e empreendimentos imobiliários comerciais e residenciais.

Seu patrimônio inicial era de R$ 53,88 milhões. Atualmente, o patrimônio líquido do fundo já supera os R$ 2,26 bilhões. 

A renda distribuída mensalmente pelo fundo Maxi Renda está representada através do dividend yield de 9,4% nos últimos 12 meses.

Além disso, atualmente, o MXRF11 é o fundo imobiliário com maior número de cotistas no mercado, com 441,5 mil investidores.

Já a cotação do FII MXRF11, considerando o valor de R$ 10,04 no fechamento da B3 nesta quinta-feira, teve valorização de +2,40% nos últimos 12 meses.

Quais os Melhores FIIs para 2021? Clique Aqui e Receba Dinheiro na Sua Conta Todos Meses.

Como interpretar o volume de negócios?

Depois de conhecer mais sobre os fundos imobiliários mais negociados, talvez você esteja curioso sobre como interpretar o volume de negócios.

O volume de negociações serve como indicador de como estão os ânimos dos investidores em geral.

Entretanto, não se pode olhar apenas para este aspecto de forma isolada. É preciso também analisar o movimento de preços e a qualidade dos ativos.

Um volume de negócios elevado, acompanhado de aumento da cotação de um ativo, pode indicar que uma tendência de alta esteja se iniciando, revelando uma janela de oportunidade para entrar naquela oportunidade.

Isso ocorre principalmente quando há alguma notícia positiva que faz com que os investidores fiquem animados em comprar aquele ativo.

Por outro lado, caso o volume seja alto mas acompanhado de uma queda nos preços, pode ser um sinal de que algo ruim aconteceu e que, portanto, haja uma deterioração das expectativas com aquela cota ou ação.

Neste caso, pode haver uma corrida para sair do ativo.

Lembre-se que antes de investir em fundos imobiliários é necessário conhecer seu perfil de investidor.

Realizando o seu teste de perfil de investidor você estará mais preparado para fazer uma boa alocação de ativos e se expor a um nível adequado de risco.

Se você também quer se beneficiar com o mercado imobiliário, baixe uma cópia gratuita do relatório dos 3 Melhores FIIs para Receber Aluguéis e comece a ganhar renda de aluguéis.

Mesmo que você já invista em FIIs ou ainda não saiba como investir, vale a pena conhecer o livro Método Fayh na Amazon, que explica tudo sobre como escolher os melhores fundos imobiliários do mercado para viver de renda.

Análise de FIIs

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE