A QuintoAndar, plataforma de locação, compra e venda de imóveis, teria demitido ontem pelo menos 20% do quadro de 4 mil funcionários, o que daria cerca de 800 pessoas.

A startup contestou os números e disse que o corte foi de 4% (160 pessoas). Alguns funcionários também foram realocados.

Segundo a publicação, as demissões ocorreram em todos os setores da companhia, como tecnologia, marketing e recursos humanos, e em várias cidades onde atua, incluindo São Paulo e Rio de Janeiro.

Um dos motivos para a reestruturação seria o fraco desempenho da plataforma, diante do cenário de crise econômica e alta dos juros.

A empresa negou a crise financeira e disse que, somente no primeiro trimestre deste ano, cresceu 30% em novos contratos para compra e venda de imóveis, se comparado com o quarto trimestre do ano passado — apesar de o volume geral do mercado de crédito imobiliário ter caído cerca de 20%, segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Sobre as demissões, a QuintoAndar explicou que tem feito "ajustes" internos na busca de "mais eficiência operacional".

A QuintoAndar informa que frequentemente faz ajustes internos buscando mais eficiência operacional para continuar servindo de forma responsável as mais de 500 mil pessoas que contam com a gente.

N”este processo, repriorizamos algumas nossas iniciativas internas e alguns times e funções deixaram de existir, gerando uma redução de 4% das nossas equipes”. Quinto Andar, em nota.

Patrocinador do BBB22

O corte acontece pouco tempo depois de a QuintoAndar realizar investimento milionário e aparecer como um dos patrocinadores do reality show "BBB22", da TV Globo.

Melhores Negócios para Investir Hoje? Veja as 3 Empresas com Maior Potencial de Valorização na Bolsa.

Foi a primeira vez que a companhia investiu numa ação de mídia com abrangência nacional.

Criada em 2013, a empresa faz a intermediação da compra e venda, além do aluguel de imóveis. É classificada como "unicórnio",

jargão do mercado aplicado a startups cujo valor supera 1 bilhão de dólares.

A companhia ganhou popularidade com um sistema que, em vez de cobrar seguro ou fiador, modelo tradicional do mercado, submete os locatários a uma análise de crédito.

Na outra ponta, garante ao locador o recebimento do valor do aluguel, mesmo em caso de inadimplência do inquilino.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

No ano passado, a empresa chegou ao Nordeste e, agora, opera em ao menos 50 cidades brasileiras, segundo o diretor de marketing, João Chueri.

Neste mês de abril, a empresa promete levar o produto de locação para 16 novos municípios dos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul e 100 novos bairros de cidades em que já atua.

Aporte bilionário

Em maio de 2021, a QuintoAndar recebeu um aporte de US$ 300 milhões (quase R$ 1,6 bilhão), o que elevou seu valor de mercado para US$ 4 bilhões (R$ 21 bilhões) na ocasião.

O investimento foi liderado pelo fundo Ribbit, com participação de SoftBank Latin America Fund, LTS, Maverick, Alta Park, Dragoneer, Qualcomm e Kaszek Ventures.

→ Como Ganhar Dinheiro com Imóveis? Veja os 3 Melhores Fundos Imobiliários para Lucrar todos Meses

Segundo especialistas, a rodada fez da empresa uma das maiores startups de capital fechado do ecossistema brasileiro — o líder isolado seria o Nubank, com US$ 25 bilhões (R$ 132 bilhões).

Fonte: UOL.