Quase todo mundo quer ser rico, mas para isso, é preciso abandonar a mentalidade de loteria, eliminando a crença de que existe um atalho para a riqueza instantânea.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Ser um grande vencedor requer esforço e disciplina. Foi assim que os milionários que se fizeram sozinhos chegaram ao topo.

O CEO e apresentador do podcast “We Study Billionaires”, Trey Lockerbie  compartilhou com a CNBC o que aprendeu entrevistando pessoas ricas, incluindo 25 bilionários e mais de 100 milionários proeminentes.

Para começar, ele diz que os ricos não têm uma “mentalidade de loteria” ou a crença de que a sorte aleatória resolverá todos os seus problemas.

Ao invés disso, eles adotam três hábitos simples que qualquer um pode incluir em sua trajetória para o sucesso.

1. Pessoas ricas não agem por medo ou impulso

As pessoas mais bem-sucedidas financeiramente têm paixão por resolver quebra-cabeças e tratam o mercado de ações da mesma maneira.

Lockerbie conta que quando entrevistou o bilionário Howard Marks, cofundador da Oaktree Capital Management, conversaram sobre como ele passou por períodos de turbulência como a Grande Recessão e os primeiros dias da pandemia.

Em vez de tomar decisões com base no medo, o grande investidor disse que se concentrou nos dados e nas oportunidades potenciais, e não nos riscos ou desvantagens.

Usando essa abordagem, ele fez uma aposta bem-sucedida em dívidas corporativas em dificuldades durante a crise financeira de 2008, que rendeu aos investidores da Oaktree cerca de US$ 6 bilhões em ganhos.

Se você se deparar com a incerteza, Marks recomenda tirar as emoções da equação e procurar maneiras de fazer com que as circunstâncias funcionem para você.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

2. As pessoas ricas são pacientes e pensam a longo prazo

Um dos maiores fatores de sucesso de Warren Buffett é sua abordagem de longo prazo. 

O oráculo de Omaha  investe em negócios que têm potencial para crescer em valor décadas no futuro, não importa quais sejam os preços de suas ações em um determinado momento.

Muitos bilionários admiram a abordagem de Buffett e quanta paciência ela exige. Em uma conferência , o cofundador do Airbnb, Brian Chesky, falou sobre um almoço memorável que teve com Jeff Bezos e Buffett. 

Durante aquele almoço, Bezos relembrou uma de suas primeiras reuniões com Buffett, na qual perguntou a ele: “Sua tese de investimento é tão simples, por que nem todo mundo simplesmente copia você?”

“Porque ninguém quer ficar rico lentamente”, respondeu Buffett.

3. Pessoas ricas dizem “não” mais do que “sim”.

Em entrevista com o bilionário David Rubenstein, cofundador da empresa de private equity Carlyle Group, Lockerbie perguntou como ele consegue fazer tantas coisas.

Ele é um filantropo, atua como presidente de vários conselhos, é autor de três livros e apresentador do programa “History with David Rubenstein” da PBS. 

Rubenstein foi rápido em apontar todas as coisas que não faz: nada de golfe, nada de álcool, nada de maratonas na Netflix. Ele evita todas as coisas que acredita consumir seu tempo.

O bilionário Jesse Itzler concorda com o poder de dizer “não”. Itzler é co-fundador da Marquis Jet, uma das maiores empresas de cartões de jatos particulares do mundo, sócio da Zico Coconut Water, fundador do The 100 Mile Group e proprietário do Atlanta Hawks da NBA.

“Seus 20 e 30 anos são um ótimo momento para dizer ‘sim’”, disse em uma entrevista em um podcast. 

“Você quer fazer networking, obter exposição e construir. Mas o final dos 40 anos e além é um ótimo momento para dizer ‘não’ e assumir o controle total do seu tempo.

Sua dica para dizer “não” a alguém graciosamente: “Continue com algo incrível. Envie uma sobremesa ou pegue uma conta. Escolher não fazer algo não significa que você tenha que estar fora do jogo.”

Fonte: CNBC

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.