François Pinault é um dos maiores nomes relacionados à moda e coleções de arte, mas seu negócio começou em 1963, com o comércio de madeiras e materiais de construção.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

O bilionário francês começou a empreender aos 16 anos e aproveitou oportunidades para comprar empresas em processo de falência.

A mudança para artigos de luxo aconteceu na década de 1990, quando sua empresa adquiriu uma participação acionária no Grupo Gucci.

Como proprietário do grupo de luxo Kering , ele e sua família administram mais de uma dúzia de marcas de luxo, incluindo Gucci, Balenciaga e Yves Saint Laurent.

Apaixonado pela arte, Pinault é dono da icônica casa de leilões Christie's, além de uma possuir uma coleção de arte de 3.000 peças com obras de Picasso, Mondrian e Koons.

A coleção Pinault está em exibição no prédio da Bourse de Commerce do século XVIII em Paris, que ele ajudou a restaurar.

Conheça a trajetória de François Pinault e como ele transformou um negócio de madeira em um conglomerado de luxo.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Quem é François Pinault 

François Pinault é um empresário bilionário francês, colecionador de arte, fundador do grupo de luxo Kering e da holding de investimentos Artémis.

Atualmente é o presidente honorário do grupo Kering, que detém as marcas de luxo como Saint Laurent, Alexander McQueen e Gucci.

Segundo a lista da Forbes 2023, François Pinault é o 28º homem mais rico do mundo com um patrimônio pessoal avaliado em US$ 41,7 bilhões.

Vida e carreira

François Pinault nasceu dia 21 de agosto de 1936, em Les Champs-Géraux, no oeste da França. 

De família humilde, Pinault sofreu bullying de seus colegas de classe do College Saint-Martin em Rennes, França, por causa de sua origem pobre.

Isso o fez desistir dos estudos aos 16 anos para começar seu primeiro emprego na madeireira de seu pai.

Em 1963, François emprestou US$ 107.000 de sua família e do banco para abrir seu próprio negócio, a Société Pinault, uma empresa de comércio de madeira e materiais de construção.

No início dos anos 70, ele começou a expandir o negócio comprando pequenas empresas madeireiras, principalmente aquelas em processo de falência, para reestruturá-las.

Em 1988, a empresa foi rebatizada para Pinault SA e, a partir da década de 1990, Pinault começou a olhar além do negócio madeireiro. 

Pinault adquiriu sua primeira loja de departamentos, a Au Printemps SA, em 1992 e a empresa de mala direta La Redoute.

Em 1992, fundou a François Pinault holding Artémis, onde adicionou uma ampla gama de empresas. 

Em 1994, fez a fusão entre Pinault SA e a La Redoute, que deu origem a Pinault-Printemps-Redoute (PPR). 

Em 1998, François Pinault adquiriu cerca de 30% das ações da casa de leilões britânica Christie’s.

Esse movimento sinalizou a mudança para as marcas de luxo.

Ainda no final do século, a Pinault-Printemps-Redoute comprou uma participação de 42% do Grupo Gucci por US$ 3 bilhões e a empresa Yves Saint Laurent. 

Pinault então comprou a joalheria francesa Boucheron em 2000, Balenciaga em 2001, e a casa de moda britânica Alexander McQueen.

Em 2013 a PPR foi rebatizada para Kering.

Depois de reorganizar o grupo, François Pinault passou o comando para seu filho François-Henri Pinault, presidente da Kering desde 2005.

Em 1962, ele se casou com Louise Gautier. Eles tiveram três filhos: François-Henri , Dominique e Laurence Pinault. 

Em 1970, Pinault se casou com Maryvonne Campbell, uma comerciante de antiguidades em Rennes que o apresentou ao mundo da arte. 

François Pinault agora se concentra na coleção de arte por meio da Fundação Pinault e possui duas galerias em Veneza.

Carteira Recomendada? Faça um Diagnóstico Online e Receba uma Carteira Gratuita.

Onde François Pinault investe

François Pinault criou a holding Artémis para administrar os investimentos da família Pinault. 

A Artémis controla os vinhedos Château Latour (Bordeaux), Clos de Tart (Borgonha), Domaine d'Eugénie ( Vosne-Romanée ), Château Grillet (Rhône Valley), Eisele Vineyard ( Napa Valley ) e o champanhe Jacquesson.

Também é dono da revista de notícias Le Point, da casa de leilões Christie's e da empresa de cruzeiros de luxo Ponant.

Ele ainda é proprietário do Stade Rennes, clube de futebol profissional e, como hobbie, coleciona arte moderna e contemporânea. Sua coleção possui cerca de 3.000 obras.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.