Alexandre Behring é considerado um dos maiores investidores brasileiros. O carioca é sócio de Lemann na 3G Capital e acumula uma fortuna de mais de US$ 5 bilhões, o que o torna o 9º homem mais rico do Brasil, segundo a Forbes.

A trajetória de Behring no mundo dos negócios está bastante relacionada ao trio de empresários Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Os fundadores do Banco Garantia e da Ambev sempre defenderam a premiação de pessoas talentosas. Foi justamente isso o que aconteceu com Alex Behring.

Ao perceber seu grande potencial para o empreendedorismo, o trio chamou Behring para compor o time de sócios da 3G Capital,  uma das maiores empresas de private equity do Brasil.

Dentro da companhia, Behring dirige o braço Restaurant Brands International, gestora das redes de fast-food Burguer King e Tim Hortons.

Continue a leitura e conheça a jornada de Alexandre Behring em direção ao bilhão.

Como os Milionários Investem? Conheça os 10 Passos para ser um Investidor de Sucesso.

Quem é Alex Behring

Alexandre Behring é cofundador e sócio-gerente da 3G Capital, uma das principais empresas de private equity do Brasil que é integrada por nomes de peso como Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira.

Dentro da empresa, ele é o presidente executivo do Restaurant Brands International, controladora do Burger King e da cadeia de café canadense Tim Hortons.

Além do mercado financeiro, Alex Behring também é conhecido por sua atuação com executivos em grandes empresas. 

Ele é presidente da Kraft-Heinz e já foi diretor da Anheuser-Busch InBev e CEO da América Latina Logística (ALL).

Vida e carreira

Alexandre Behring da Costa nasceu no Rio de Janeiro, em 1967, mas atualmente mora em Greenwich, Connecticut, nos Estados Unidos.

Ele é formado em engenharia elétrica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Tem também MBA pela Harvard Business School, nos Estados Unidos.

Aos 22 anos de idade, Alex co-fundou o seu primeiro negócio, o Modus OSI e Tecnologias, que prestava serviços para instituições bancárias e possuía escritórios no Brasil e nos Estados Unidos. 

A sociedade durou até 1993, quando Behring vendeu sua participação na companhia e foi aos Estados Unidos fazer um MBA na Harvard Business School, em 1994, onde se destacou como um dos melhores alunos de toda a turma.

A partir disso, conseguiu um estágio no Banco de Investimentos Goldman Sachs.

Nessa mesma época Behringer conheceu Beto Sicupira, um dos comandantes do grupo GP Investiments no Brasil, quando este realizou uma palestra em Harvard, justamente na turma em que Alex se encontrava.

Após conversar com o professor da turma, Sicupira ouviu uma série de elogios direcionados ao aluno carioca.

Isso chamou a atenção do empresário, que então resolveu contratar Behringer para atuar como analista na GP Investimentos.

Um ano depois foi convidado a integrar o time de sócios da empresa.

Durante a passagem de dez anos GP, entre 1998 e 2004, Alex foi escalado para dirigir a América Latina Logística (ALL), maior ferrovia da América Latina.

Em 2004, Lemann e seus parceiros de negócios decidiram criar a 3G Capital e chamaram Alex para fazer parte da empreitada.

Ele entrou como cofundador, sócio-gerente e membro do comitê de investimentos da companhia.

Dentro da 3G, Behring dirige o braço Restaurant Brands International, gestora das redes de fast-food Burguer King e Tim Hortons.

Quando a companhia incluiu a Kraft Heinz no portfólio, Behring entrou como presidente e membro do Conselho da The Kraft Heinz Company em 2015. 

Antes, ele já havia atuado como diretor da cervejeira Anheuser-Busch Inbev, onde permaneceu entre 2014 e 2019.

Informe o DDD + 9 dígitos