Quer comprar a casa própria? Então você precisa compreender o processo e descobrir qual a renda para financiar um imóvel de 500 mil, ou qualquer que seja o valor do imóvel de sua preferência.

Quer Aumentar a Rentabilidade dos Investimentos? Receba um Aconselhamento Gratuito.

O financiamento imobiliário é um passo necessário para grande parte da população que deseja comprar um imóvel.

Para que seja aprovado, antes de tudo, é preciso prestar atenção na comprovação de renda.

Essa etapa serve como uma garantia para as instituições financeiras de que o tomador do empréstimo poderá pagar.

Com o aumento da taxa Selic, a taxa básica de juros, para os atuais 13,25% ao ano, consequentemente, os bancos aumentaram os juros de financiamento de imóveis.

A taxa média de juros atualmente está em torno de 9,29%, segundo dados do comparador de financiamentos imobiliários MelhorTaxa.

Além da taxa praticada, é importante estar atento ao valor de entrada. Geralmente, você terá que ter pelo menos 20% do valor do imóvel, pois existem poucas formas de financiar 100% de um imóvel.

Sabendo disso, continue a leitura e saiba qual a renda necessária para aprovação do financiamento imobiliário de um imóvel de R$ 500 mil.

Qual é a renda necessária para financiar um imóvel?

A renda mensal necessária para financiar um imóvel varia de acordo com o valor financiado do imóvel e da quantidade de parcelas, ou seja, o tempo total do financiamento.

Como regra geral, as parcelas dos financiamentos não podem comprometer mais de 30% da renda bruta do tomador de crédito.

Por isso, simule quanto o valor das parcelas consumiriam da sua renda. Caso ultrapasse esse valor, ou terá que aumentar o tempo de parcelamento ou optar por um valor financiado menor.

Fique atento que o valor do imóvel não é o mesmo do valor financiável. Isso porque os principais bancos financiam no máximo 80% do valor total do imóvel, sendo necessário dar no mínimo 20% como entrada. 

São esses 80% do preço total do imóvel, ou o valor financiável, que você precisa ter em mente na hora de calcular a renda mensal necessária para aprovar o financiamento.

Sendo assim, para financiar um imóvel de R$500 mil, é preciso dar como entrada, pelo menos, R$100 mil. O valor do financiamento seria de R$ 400 mil.

Ou seja, para determinar qual a renda necessária para financiar um imóvel, os fatores principais serão:

  • Valor financiável do imóvel;
  • Período de duração do financiamento.

Quanto maior o valor da entrada, menor o montante financiado e, consequentemente, a parcela mensal também diminui. 

Nesse caso, a renda mensal necessária para financiar o imóvel também pode ser menor.  

Qual a renda mínima para financiar um imóvel de 500 mil?

A tabela abaixo mostra os valores das parcelas e a renda mínima familiar necessária para financiar um imóvel de R$ 500 mil:

Valor total do imóvelEntradaValor financiávelValor da 1ª parcelaRenda mínima mensal
R$ 500 milR$ 100 milR$ 400 milR$ 4.200,00R$ 14.000,00

Etapas de financiamento imobiliário

Antes de receber a aprovação do crédito em si, o financiamento imobiliário é composto por 4 etapas principais:

1- Avaliação e aprovação de crédito

Na primeira etapa ocorre a avaliação do seu perfil para determinar se você se encaixa nos pré-requisitos para ter aprovação de crédito com a instituição. 

Nessa etapa serão apresentados os documentos e também são determinadas as taxas de juros e os limites de crédito, caso você obtenha a aprovação.

2- Avaliação jurídica e vistoria do imóvel

Depois do crédito aprovado, são verificados os antecedentes jurídicos das partes envolvidas no financiamento, o vendedor, o comprador e do próprio imóvel, para evitar possíveis alienações. 

O imóvel desejado também passa por avaliação.

3- Averbação do contrato e pagamento de tributos 

Aprovada a avaliação de todas as partes e do imóvel, é a hora de pagar os impostos da transação, como o ITBI e a entrada.

Com isso concluído, também é possível assinar o contrato de financiamento.

4- Liberação de crédito

Ao final da parte burocrática, o banco libera o crédito para aquisição do imóvel.