Primeiro ETF de Bitcoin Chega à B3 no Dia 23
SIMULE AGORA
| ,

Primeiro ETF de Bitcoin da América Latina Chega à B3 no Dia 23

O QBTC11 é o primeiro ETF do Brasil com 100% de exposição ao Bitcoin.

Por
Atualizado em 09/06/2021

A QR Capital anunciou nesta quarta-feira (9), a primeira emissão de cotas do QBTC11, o primeiro ETF (fundo de índice) de bitcoin negociado na bolsa de valores brasileira (B3). 

A oferta é coordenada pelo BTG Pactual, Easyinvest, Órama, Vitreo, Modal Mais e Inter e chega à B3 no dia 23 de junho. 

O fundo de índice com 100% de exposição ao bitcoin é oferecido pela QR Asset Management, gestora do grupo QR Capital.

O ETF usa o índice CME CF Bitcoin Reference Rate como referência, o mesmo índice utilizado no mercado de contratos futuros de bitcoin negociados pela bolsa Chicago Mercantile Exchange Group (CME), a maior bolsa de derivativos do mundo.

O QBTC11 pode ser uma alternativa mais barata e prática de se expor ao criptoativo.

“O investidor pode comprar uma cota de um fundo regulado pela CVM com apenas R$100,00 através do home broker de qualquer corretora, sem se preocupar com wallets ou chaves privadas tradicionais no mercado cripto”, afirma a QR Capital. 

O bitcoin é a maior de todas as criptomoedas, com volume de movimentação diário superior a R$100 bilhões, cerca de 4 vezes o volume da própria B3. 

Antes do QBTC11, a bolsa de valores brasileira já tinha listado o HASH11, primeiro ETF de criptoativos do país, oferecido pela gestora Hashdex. 

Enquanto o HASH11 investe em uma cesta de criptomoedas, que inclui o bitcoin, ether, chainlink, bitcoin cash, o QBTC11, que investe apenas em bitcoin.

Quer Investir em Criptomoedas? Acesse aqui a Maior Corretora do Mundo.

Notícias do Mercado Financeiro

O Que Ler Agora...

Mostrar Mais

PUBLICIDADE